LeBron James manda mensagem a jogador que pensou em suicídio

LeBron James demonstrou apoio a John Wall após declarações sobre tendências suicidas. Foto: Patrick Smith/Getty Images
LeBron James demonstrou apoio a John Wall após declarações sobre tendências suicidas. Foto: Patrick Smith/Getty Images

Faltando poucas semanas para o início da temporada da NBA, um dos jogadores mais destacados da última década e que sofreu muito com lesões nas últimas quatro temporadas confessou em entrevista que sofria de depressão e que tinha tendências suicidas.

John Wall, que atualmente está no Los Angeles Clippers, falou pela primeira vez sobre o assunto e recebeu o apoio de grandes figuras da liga como LeBron James.

Leia também:

O armador, que está perto de completar 32 anos, revelou que seus problemas começaram há dois anos e meio depois de sofrer uma série de lesões terríveis no joelho e depois no tendão de Aquiles, enquanto passava por uma situação familiar muito complexa com sua mãe e sua avó.

"É o lugar mais escuro que já estive. A certa altura cheguei a pensar em suicidar-me. Quebrei meu Aquiles, minha mãe adoeceu e depois faleceu e um ano depois minha avó morreu, isso em plena pandemia do COVID, com tudo que estava acontecendo. Ir a sessões de quimioterapia e ver minha mãe dar seu último suspiro, deitada ao lado dela no sofá com a mesma roupa por três dias… Se consegui passar por isso, posso superar qualquer coisa na vida", confessou o pentacampeão All-Star e integrante do terceiro melhor quinteto da temporada 2017.

Ele acrescentou que conseguiu avançar graças ao apoio dos fãs das diferentes franquias em que jogou nos últimos tempos e que era vital buscar ajuda profissional.

"Que os adeptos continuem a apoiar-me, que queiram continuar a ver-me jogar, significa muito para mim. Tive de procurar ajuda, através de terapia. Muita gente pensa que não precisa de apoio, que pode sair de coisas quando eles quiserem. Mas você tem que ser honesto consigo mesmo. e descobrir o que você realmente precisa. E foi o que eu fiz", contou.

Essas declarações foram um balde de água fria para toda a comunidade e inspiraram muitos outros jogadores de basquete a enviar a Wall seu apoio incondicional. Entre essas mensagens está a de LeBron James, que dedicou um post sincero a ele em sua conta pessoal no Twitter.