Leandro Euzébio foi obrigado a fazer Pix de R$ 13 mil por sequestradores, que também levaram joias e relógios

Ouvido na 126ª DP (Cabo Frio) nesta quarta-feira, o ex-jogador Leandro Euzébio deu detalhes sobre o crime do qual ele e a mulher, a dentista Aline Mendes, foram alvo na noite anterior. O casal foi abordado por quatro bandidos armados de pistolas e revólveres na saída da clínica odontológica de Aline, no distrito de Unamar, em Cabo Frio, na Região dos Lagos, um dos principais destinos turísticos da costa fluminense. Levados pelo quarteto, os dois só foram liberados na cidade vizinha de São Pedro de Aldeia, após serem percorridos quase 30 quilômetros.

Durante o trajeto, Leandro Euzébio foi obrigado a fazer transferências bancárias via Pix para os criminosos, que somaram cerca de R$ 13 mil. Os ladrões também ficaram com joias, relógios, dinheiro em espécie e outros pertences das vítimas, além de terem fugido no veículo de luxo do ex-jogador, uma Range Rover preta. A caminhonete, porém, acabou recuperada horas depois por policiais militares do 25º BPM (Cabo Frio) na Estrada do Gargoá, no bairro Nova Califórnia, também no distrito de Unamar.

Leandro e Aline chegaram à 126ª DP por volta de 14h30 desta quarta, sozinhos, e prestaram depoimento por quase três horas, período no qual narraram toda a dinâmica do ocorrido. Nem o ex-atleta nem a esposa deram declarações na entrada ou na saída da delegacia. O EXTRA também tentou contato por outros meios, mas não obteve retorno até o momento.

Procurada, a Polícia Civil confirmou que o casal foi ouvido, mas não deu mais detalhes sobre o teor das declarações colhidas. Segundo a corporação, "imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas e outras estão sendo requisitadas pelos agentes". O órgão conclui a nota informando apenas que "as investigações estão em andamento".

Levado para a a porta da 126ª DP, a SUV importada recuperada passou por perícia na manhã desta quarta. O objetivo do trabalho é tentar localizar no automóvel, por exemplo, impressões digitais que possam auxiliar na identificação dos responsáveis pelo crime, entre outras informações relevantes para o inquérito.

Ao localizar o carro, a Polícia Militar chegou a fazer um cerco na região em busca de suspeitos, mas ninguém foi preso. Além de agentes do próprio 25º BPM, responsável pelo patrulhamento de toda a Região dos Lagos, também participaram da varredura homens do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv).

Leandro Euzébio é nascido em Cabo Frio e acumula passagens pela Cabofriense, principal clube da cidade, tanto no início quanto no fim da carreira. O melhor momento profissional do ex-zagueiro, porém, se deu no Fluminense, onde foi bicampeão brasileiro em 2010 e 2012. Ele também passou por outros times importantes do futebol nacional, como Cruzeiro e Goiás.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos