Leclerc bate Sainz e é o mais rápido no 1º dia de treinos do GP da Hungria

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Charles Leclerc foi o mais rápido do primeiro dia de treinos livres do Grande Prêmio da Hungria da Fórmula 1, nesta sexta-feira (29). O piloto da Ferrari registrou 1m18s445 em sua melhor volta no TL2. Com isso, o monegasco superou o companheiro de equipe Carlos Sainz, que ficou em terceiro, uma posição atrás de Lando Norris, da McLaren.

Max Verstappen, atual campeão e líder na tabela, e Daniel Ricciardo completaram o top 5 do treino. Sebastian Vettel, que anunciou na quinta (28) sua aposentadoria após o fim da temporada, ficou em sétimo, enquanto Lewis Hamilton teve apenas a 11ª volta mais rápida.

Os pilotos voltam amanhã ao Circuito de Hungaroring, às 8h, (de Brasília), para o terceiro treino livre. Depois, às 11h, acontece o classificatório para a corrida.

Os pilotos começaram a segunda sessão de treinos do dia com pneus médios. Logo nos primeiros minutos, Leclerc, Verstappen e Sainz ficaram alternando nas primeiras colocações das voltas mais rápidas, assim como tinha acontecido no TL1.

Depois de algumas voltas, o monegasco da Ferrari assumiu a dianteira de vez. Após os primeiros 20 minutos, ele era seguido no top 5 por Sainz, Verstappen, Perez e Vettel, respectivamente. O heptacampeão Hamilton era apenas o 14º.

Logo na sequência, Albon provocou a primeira bandeira amarela do dia. O piloto da Williams perdeu o controle do carro e rodau na Curva 1. Sem chegar a bater o veículo, ele parou na brita por alguns segundos até retornar à pista.

Por volta da metade do TL2, os pilotos começaram a trocaram para os pneus macios. Leclerc continuou mantendo a liderança e foi melhorando seu tempo. Faltando 20 minutos para o fim, ele viu Norris chegar perto, mas o britânico não conseguiu superar seu tempo.

O piloto de 24 anos da Ferrari terminou o primeiro dia de preparação para o GP da Hungria em situação diferente da corrida da semana passada. Leclerc, que foi pole position na França, teve que abandonar a prova após errar e bater o carro. Ele, então, viu Verstappen vencer e aumentar a distância entre eles.

TL 1

Na primeira atividade do dia, durante a manhã, Sainz terminou como o mais rápido (1m18s880). Verstappen e Leclerc vieram logo atrás, com Norris e Russel completando o top 5.

O tempo bom na cidade de Mogyorod fez com que o sol acompanhasse o teste durante toda sua duração. A previsão para amanhã, no entanto, é de possibilidade de chuva.

O TL1 começou com os pilotos fazendo voltas de reconhecimento na pista e coletando dados para as próximas atividades. Nos minutos iniciais, Leclerc, Sainz e Verstappen ficaram se alternando nas primeiras posições. O monegasco da Ferrari terminou o primeiro terço das atividades na dianteira.

Leclerc ainda esteve à frente do pelotão na metade da atividade. Russell, Verstappen, Sainz e Hamilton, respectivamente, completavam o top 5.

No entanto, foi Sainz quem chegou nos últimos 20 minutos na dianteira. O espanhol até chegou a ser ultrapassado por Verstappen, mas recuperou a liderança e terminou com a volta mais rápida.

Os pilotos ainda participarão neste sábado (30), às 8h, do TL3, e o classificatório acontece às 11h. A corrida será disputada no domingo (31), a partir das 10h. O evento terá transmissão da Band e do Bandsports.

O GP da Hungria é a 13ª etapa da F1 em 2022. É a última corrida antes da tradicional pausa de verão. A segunda parte da temporada retorna em 28 de agosto, com o GP da Bélgica.

Com 233 pontos, Verstappen lidera a temporada de 2022 da categoria. O holandês é seguido na tabela por Leclerc, que estacionou nos 170 pontos e viu o holandês da Red Bull abrir 63 pontos de diferença. Sergio Pérez, da Red Bull, é o terceiro, com 163.