Leia a declaração pessoal do rei Charles ao ser proclamado monarca

LONDRES (Reuters) - O rei Charles do Reino Unido deu uma declaração pessoal durante uma cerimônia histórica neste sábado, na qual foi formalmente proclamado o novo monarca.

Aqui está o texto de sua declaração pessoal:

"Senhoras e senhores.

É meu mais doloroso dever anunciar a vocês a morte de minha amada Mãe, a Rainha.

Sei o quanto você, toda a Nação - e acho que posso dizer que o mundo inteiro - se solidariza comigo pela perda irreparável que todos sofremos. É o maior consolo para mim saber da simpatia expressa por tantos aos meus irmãos e irmã e que tal afeto e apoio tão avassaladores sejam estendidos a toda a nossa família em nossa perda.

A todos nós como família, a este reino e à família mais ampla de nações da qual faz parte, minha Mãe deu um exemplo de amor ao longo da vida e de serviço altruísta.

O reinado de minha mãe foi inigualável em sua duração, sua dedicação e sua devoção.

Estou profundamente ciente desta grande herança e dos deveres e pesadas responsabilidades da Soberania que agora me passaram.

Ao assumir essas responsabilidades, devo me esforçar para seguir o exemplo inspirador que me foi dado ao defender o governo constitucional e buscar a paz, a harmonia e a prosperidade dos povos dessas ilhas e dos reinos e territórios da comunidade das nações em todo o mundo.

Nesse propósito, sei que serei sustentado pela afeição e lealdade dos povos cujo soberano fui chamado a ser, e que no cumprimento desses deveres serei guiado pelo conselho de seus parlamentos eleitos. Sinto-me profundamente encorajado pelo apoio constante de minha amada esposa.

Aproveito esta oportunidade para confirmar a minha vontade e intenção de continuar a tradição de entregar as receitas hereditárias, incluindo o Espólio da Coroa, ao Meu Governo em benefício de todos, em troca do Subsídio Soberano, que apoia as minhas funções oficiais como Chefe de Estado e Chefe de Nação.

E ao cumprir a pesada tarefa que me foi confiada e à qual agora dedico o que me resta de minha vida, oro pela orientação e ajuda de Deus Todo Poderoso".

(Reportagem de Michael Holden)

(Tradução Redação Brasília, 55 11 5047-2695); REUTERS BC)