Leilão solidário tem acervo e espólio de famílias tradicionais do Rio

RIO — Um leilão solidário virtual vai acontecer no Rio de Janeiro, a partir desta segunda-feira, dia 11, com o acervo e espólio de famílias tradicionais da cidade. O projeto beneficiente "Juntos Somos Mais Arq", criado por arquitetos, decoradores, designers e empresários do setor no estado, idealizaram uma iniciativa para arrecadardoações para pessoas em situação de vulnerabilidade social.

O leilão beneficente premium, que tem peças cedidas por diversos artistas plásticos, designers e marcas de todo o país. 100% da renda arrecadada com a venda das peças será destinada às doações do projeto. Uma ótima oportunidade para consumir arte e fazer o bem ao mesmo tempo. O pregão é virtual e tem início essa noite. De peças clássicas a contemporâneas, a seleção chama atenção pela variedade e beleza, além dos preços especiais.

São 603 peças como quadros, esculturas, fotografias, joias, livros, móveis, porcerlanas, entre outros objetos, que foram divididos em lotes diários entre os dias 11 a 15 de maio, que poderão ser adquiridos a partir das 15h. A exposição é apenas online e comandada pelo leiloeiro Horácio Ernani Rodrigues de Mello.

O item com o menor lance inicial é o livro "Peixaria do Herval e Outros Leros", de Winston Churchill Rangel, com dedicatória, no valor de R$ 10. Já a peça com o lance inicial mais caro é uma cômoda D.José I. Portugal, datada do Séc. XVIII, feita em madeira de jacarandá, com puxadores em bronze cinzelado e vazado. É um exemplar semelhante ao que se encontra no Museu Imperial de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, e tem como valor inicial R$ 300 mil.

Nosso objetivo é criar um local seguro e atraente para os usuários se conectarem a interesses e paixões. Para melhorar a experiência de nossa comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários dos artigos.