Leilão de tênis usado por Michael Jordan bate recorde com lance de US$ 560 mil

O par autografado é diferente do modelo oferecido pela Nike para o público

NOVA YORK - Um par de tênis do ex-astro da NBA Michael Jordan foi leiloado pelo valor recorde de US$ 560 mil — algo em torno de R$ 3 milhões —, quase quatro vezes o valor estimado inicialmente, informou a Sotheby’s neste domingo.

Anunciados pela casa de leilões em Nova York como “The One - MJ’s Air Jordan 1s”, os tênis foram fabricados pela Nike exclusivamente para o ex-jogador do Chicago Bulls, entre fevereiro e abril de 1985.

Eles representam a origem da linha exclusiva criada pela fabricante para determinados atletas, que seguiu com nomes como Scottie Pippen, Charles Carkley, Kobe Briant, LeBron James, entre outros.

A série Air Jordan 1 foi usada pelo jogador até o dia 29 de outubro de 1985, quando sofreu uma lesão que o afastou por 64 partidas na sua segunda temporada na liga americana de basquete. Após o retorno, passou a usar uma versão modificada do tênis.

Segundo a Sotheby’s, o par leiloado foi usado por Michael Jordan e autografado com caneta permanente. O modelo é diferente do oferecido pela Nike para o público, com design “mais agressivo”, materiais diferentes e cadarços vermelhos.

O par leiloado pertencia à coleção de Jordan Geller, fundador do Shoezeum, o primeiro do mundo dedicado exclusivamente aos tênis. O leilão, iniciado no último dia 8, estimava a venda entre US$ 100 mil e US$ 150 mil, mas bateu o recorde que pertencia a um par do modelo “Moon Shoe” da Nike, vendido ano passado por US$ 437,5 mil.