Leilão com roupas e itens de Amy Winehouse pode arrecadar R$ 11 milhões

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Vestidos de Amy Winehouse em exibição
Roupas e objetos estão em exibição em Nova York desde esta segunda-feira (11)

(AFP / TIMOTHY A. CLARY)

  • Leilão com peças de Amy Winehouse poderá arrecadar R$ 11 milhões

  • Dentre os itens, está o vestido usado no último show da cantora 

  • Evento acontecerá em novembro, em Beverly Hills (EUA)

O leilão com mais de 800 roupas e objetos que pertenceram à cantora Amy Winehouse, falecida em 2011, poderá arrecadar cerca de R$ 11 milhões - valor convertido da estimativa de 1 a 2 milhões de dólares.

O evento, que acontecerá entre 6 e 7 de novembro, em Beverly Hills (EUA), contará com corpetes, calças, sapatos, roupas íntimas, instrumentos musicais, livros, discos e até o vestido usado no último show da britânica, em Belgrado. A peça, desenhada pela estilista Naomi Parry, tem preço avaliado entre 15 a 20 mil dólares (R$ 83 mil a R$ 110 mil).

Leia também:

A partir desta segunda-feira (11), a casa de leilões Julien’s exibe os itens em Nova York. “É difícil organizar um leilão com os pais de uma filha falecida”, disse Martin Nolan, diretor da Julien's, à AFP. “A questão foi muito delicada e demorou para eles concordarem em doar (os objetos) depois de perceberem que fãs, museus e colecionadores de todo o mundo gostariam de possuir esses itens”.

Nolan explicou que, para Mitch e Janis, pais de Amy, esta será uma forma de preservar a “herança e memória” da filha e arrecadar fundos para sua fundação que ajuda jovens dependentes de álcool e drogas, conforme noticiado pela AFP.

Amy Winehouse morreu em 23 de julho, em Londres, após consumo excessivo de álcool. Ela tinha 27 anos de idade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos