Leite em pó a R$ 2,79 em encarte de 2001 viraliza, e internautas se assustam com diferença de preço

Depois de compartilhar no Twitter a foto de um encarte de supermercado de 2001, onde sua foto aparecia dentro de um repolho, a tatuadora Helena Mester, de 22 anos, levou a inflação mais uma vez para os trending topics da rede social, que listam os assuntos mais comentados.

Reajuste: Bolsonaro diz que não deve ter aumento salarial para servidores em 2022

Salário mínimo: Reajuste foi "engolido" pela alta dos alimentos

Atacarejo ganha espaço: Inflação nas alturas leva consumidores à "infidelidade" com as marcas

O post principal viralizou e muitos internautas se assustaram com o preço do leite em pó, que na época custava R$ 2,79. Atualmente, o mesmo produto está em cerca de R$ 15,00, uma alta de 437% desde 2001. Mas é vendido em menor quantidade. Entre aquele ano e 2022, a inflação acumulada foi de 279, 15%

Em 2001, a lata continha 400 gramas de leite em pó. Hoje, o peso é de 380 gramas. Mester, que fez a publicação de brincadeira, ficou impressionada com a repercussão:

— Eu imaginei que algumas pessoas fossem comentar sobre os preços, até porque eu também comentei. Mas não imaginei que tanta gente ficaria tão impactada — disse.

Previsão: Mercado vê inflação em 8,9% e crescimento maior em 2022

O impacto foi tanto que a tatuadora passou o dia pesquisando sobre a inflação.

— A renda média do brasileiro diminuiu muito desde 2001. Eu vejo, na prática, como o poder de compra vem caindo nos últimos anos. Eu e minha família estamos há muitos meses fazendo as compras de mês no cartão de crédito — contou.

Ela também diz que deixou de comprar muitas coisas no mercado, como guloseimas e marcas mais caras, mas as mudanças não foram suficientes e sua família está fechando o mês no vermelho.

i

Nas respostas à publicação do encarte, muitos internautas disseram estar surpresos. Outros, brincam: “Nessa época dava para ter filho”.

O Nescau também foi muito comentado, já que uma embalagem de 500 gramas custava R$ 1,98 no encarte. Hoje, o preço está R$ 6,50. Mas, ao contrário do preço, o peso diminuiu: agora a lata é vendida com apenas 370 gramas de produto.

* Estagiária sob supervisão de Danielle Nogueira

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos