Leitões órfãos são salvos após serem adotados por uma labradora

Eles podem não ser os parentes mais comuns do mundo, mas estes leitões foram literalmente salvos por uma labradora que os adotou.

Os pequenos animais ficaram órfãos após a morte da sua mãe, que supostamente enfartou alguns dias após dar à luz.

Dos quatro porquinhos, dois foram colocados junto com os 11 de outra porca, mas não havia espaço sobrando para os outros dois.

Felizmente, os proprietários pensaram rápido e apresentaram os filhotes a uma labradora de seis anos chamada Molly, que estava amamentando os próprios filhotes.

Apesar de ficar inicialmente “confusa” por causa dos novos filhos adotivos, os instintos de Molly fizeram com que ela acolhesse a todos os leitões e cuidasse deles da mesma forma que cuida dos seus próprios filhotes.

Dois leitões foram salvos pela labradora Molly (Fogo: SWNS)

Os donos da fazenda, Adam Szymborski e Serena Spearey, que administram a Keythorpe Valley Farm em Rutland, East Midlands, no Reino Unido, disseram: “A outra porca já tinha 11 filhotes para amamentar e ainda assumiu mais dois”.

“Trouxemos os outros dois para casa e colocamos perto de um aquecedor que compramos para os novos filhotes”.

“Eles começaram a alimentar os leitões com uma mamadeira, mas quando eles foram colocados junto com os filhotes da labradora, ela acabou os aceitando”, ele disse.

“Inicialmente, a cadela olhava para ‘os novos filhotes’ meio confusa. Os porquinhos faziam sons diferentes dos filhotes de cachorro, claro, mas os instintos maternais a levaram a cuidar de todos eles, igualmente”.

Aparentemente, os leitõezinhos estão se dando muito bem com sua nova família.

Ele acrescentou: “Os leitões já estão mais ativos do que os filhotes de três semanas de idade. Eles conseguem sair da caixa e correr pela casa, fazendo bagunça”.

“Eles gostam de brincar de morder os outros filhotes, que não parecem nada assustados com a presença dos irmãos adotivos”.

“Todos eles se juntam e se empilham na hora de dormir”.

Ellen Manning
Yahoo News UK