Lembra dela? Flórida Cup começa neste sábado; saiba quem joga e por que não há mais brasileiros

Torneio amistoso vencido quatro vezes por times brasileiros, a Flórida Cup este ano será um pouco diferente. A nova edição da competição de pré-temporada, que acontece nos Estados Unidos desde 2015, ficará restrita a um jogo: o clássico inglês entre Arsenal e Chelsea, no dia 23 de julho.

Ele será o encerramento de um novo evento, maior, que ganhou o nome de FC Series e terá três partidas, cada uma em uma cidade: Flórida, Charlotte e Las Vegas. Essa competição inicial se chama Clash of Nations e terá como participantes Orlando City, Charlotte FC e América do México, além de Chelsea e Arsenal.

Esta será a segunda vez que nenhum brasileiro irá participar do evento. A primeira foi no ano passado por conta das restrições de circulação impostas pelo governo americano devido à pandemia da COVID-19. Além do calendário, já que a competição era disputada em janeiro (na pré-temporada dos times brasileiros) e foi transferida para julho. O Brasil é o país com mais títulos do torneio.

Fora dos gramados, a cantora Ivete Sangalo será a atração principal do torneio. A brasileira vai animar o Fun Fest da Florida Cup no dia 17, em uma turnê que comemora os 50 anos da artista.

e

Relembre a participação dos clubes brasileiros na Florida Cup

2015

Na primeira edição, a competição contou com apenas quatro participantes e dentre eles estavam Corinthians e Fluminense. A torneio foi realizado por pontos corridos, cada equipe disputava dois jogos e o campeão foi o Köln, da Alemanha. O time paulista ficou em terceiro, enquanto o tricolor carioca terminou em último.

2016

A segunda temporada foi a edição com mais participantes — nove no total, incluíndo Atlético-MG, Internacional, Corinthians e Fluminense — e a primeira com título brasileiro. Cada time jogava duas partidas e quem somasse mais pontos seria o campeão. O Galo venceu o Schalke 04 e o Timão, somou seis pontos e conquistou o torneio.

2017

A edição deste ano teve duas fases. Na primeira, os times representavam seus países e somavam pontos para suas nações. O Brasil era representado por Atlético-MG e Bahia, que conquistaram quatro pontos, ficando atrás da Alemanha, de Wolfsburg e Bayer Leverkusen, que somaram 10. Esta etapa foi denominada Challenge Clash of Nations.

Na segunda fase do torneio, foi um sistema similar ao Mundial de Clubes. Corinthians e São Paulo foram direto para as semifinais, em contrapartida o Vasco disputou as quartas de final.

Nas semifinais, Corinthians venceu o Vasco, e o São Paulo derrotou o River Plate. Na final, o clássico paulista terminou empatado e decidido nos pênaltis, com o tricolor levando a melhor.

2018

Em 2018, o formato voltou a ser por pontos corridos com cada time disputando duas partidas. Essa edição também foi a primeira sem brasileiros entre os quatro primeiros, visto que Corinthians, Atlético-MG e Fluminense não conseguiram vencer nenhum de seus jogos. O Atlético Nacional, da Colômbia, ficou com a taça.

2019

O formato deste ano repetiu o de 2015, com apenas quatro participantes e dois brasileiros representavam o país, desta vez foi Flamengo e São Paulo. O tricolor paulista terminou em último, enquanto o rubro-negro venceu a competição e trouxe o título de volta ao Brasil.

2020

A sexta edição do torneio da Flórida teve mais um time brasileiro campeão. Novamente disputado com apenas quatro equipes, o Palmeiras ficou com a taça e, seu rival, o Corinthians terminou em terceiro.

2021

Por conta da pandemia do novo coronavírus, o torneio foi realizado em julho e pela primeira vez não teve a participação de times brasileiros, principalmente por conta do calendário. O Everton da Inglaterra conquistou o título.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos