Levantamento da CNN que dá vantagem a Bolsonaro nas eleições de 2022 é de março de 2021

Publicações com centenas de interações nas redes sociais difundem a imagem de uma pesquisa realizada pela emissora CNN e pelo Instituto Real Time Big Data sobre as eleições presidenciais de 2022. Na ilustração, compartilhada ao menos desde 9 de março de 2022, o presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece à frente em um possível primeiro turno, com 31% das intenções de voto, seguido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 21%. Mas o levantamento viraliza fora de contexto: foi realizado e divulgado em março de 2021.

“CNN , JA DA BOLSONARO NA FRENTE. AGORA, VÃO AOS POUCOS VOLTANDO A REALIDADE DOS FATOS. NÃO CONSEGUIRAM MAIS MANIPULAR O POVO...KKKK”, diz a legenda de uma publicação compartilhada no Facebook em 2 de abril de 2022.

Conteúdo de teor similar circula no Instagram e no Twitter.

Captura de tela realizada em 20 de abril de 2022 de uma publicação no Facebook ( . / )

As publicações incluem uma imagem com a indicação de tratar-se de uma “Pesquisa CNN / Real Time Big Data” sobre o primeiro turno das eleições presidenciais de 2022. Outras mensagens compartilham a captura de tela de um artigo da emissora que divulgava o levantamento. Nele, o presidente Jair Bolsonaro aparece à frente, com 31% dos votos, e é seguido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com 21%, Sergio Moro, com 10%, e Ciro Gomes, com 9%.

Mas o levantamento circula fora de contexto nas redes sociais. Uma busca reversa com a ferramenta Google Lens levou à notícia publicada pela CNN em 10 de março de 2021 com o título “Pesquisa exclusiva CNN mostra Bolsonaro em 1º, dez pontos à frente de Lula”.

O artigo destacava que a pesquisa não era registrada no Tribunal Superior Eleitoral, “pois a lei só permite registro em período ” de eleições. Caso tivesse sido realizado em 2022, como sugerem as mensagens, o levantamento precisaria ser registrado perante à instituição:

“As entidades e empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativas às Eleições 2022 ou a candidatos, para conhecimento público, devem registrar, junto à Justiça Eleitoral, as informações constantes no art. 33 da Lei no 9.504/1997, a partir do dia 1º de janeiro e até cinco dias antes da divulgação de cada resultado, conforme disciplinamento da Res.-TSE nº 23.600, de 12.12.2019”, informa o TSE.

Também em 10 de março de 2021, a emissora publicou sobre o levantamento em suas redes sociais.

Pesquisas realizadas em abril de 2022 mostram um cenário diferente, com Lula liderando a corrida presidencial.

Levantamento da Quaest/Genial feito entre 1º e 3 de abril mostrou Lula com 44% das intenções de voto no primeiro turno e Bolsonaro com 29%. Entre os dias 10 e 12 de abril, o PoderData analisou que Lula aparecia à frente no primeiro turno com 40% dos votos, seguido por Bolsonaro, com 35%.

A CNN também desmentiu a alegação de que a pesquisa compartilhada nas redes sociais seria de 2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos