Libertadores deve ser a prioridade do Flamengo em 2018

O ano de 2018 começa com bastante pressão no Flamengo, principalmente no primeiro semestre. Depois de um 2017 recheado de expectativas e decepções, o Rubro-Negro, que tem um dos maiores investimentos do futebol brasileiro, precisa alçar vôos grandes. 

E a prioridade da equipe deve ser a Copa Libertadores da América. Campeonato que não vence desde 1981, quando levantou a sua primeira única taça da competição. Como um dos maiores clubes do continentem americano, o Flamengo não pode colecionar tantos fracassos como vem colecionando nos últimos anos, deve assumir o papel que lhe corresponde e, dentro de campo, fazer valer seu investimento e excelente momento financeiro. 

Flamengo Independiente Copa Sudamericana 13122017

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

O grupo não é dos mais fáceis, mas longe de ser um bicho de sete cabeças. O River Plate deve ser a equipe com quem o Rubro-Negro brigará pelo primeiro lugar do grupo, o Emelec, outro integrante do grupo Rubro-Negro na primeira fase, é velho conhecido e não pode assustar tanto. 

Ainda que não tenha anunciado reforços, com os nomes que chegaram no meio do ano, o Flamengo é forte candidato, no papel, a fazer boa campanha na competição. Nomes como Everton Ribeiro e Diego Alves, são duas das maiores contratações do futebol brasileiro nos últimos anos e precisam fazer a diferença dentro de campo. 

Everton Ribeiro Diego

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Diego, que quando vivia grande momento na competição em 2017 se lesionou, terá a oportunidade de dar a volta por cima no mesmo campeonato, já que depois da lesão não voltou a atuar com a regularidade e bom nível de antes. 

Se dentro de campo o Flamengo precisa se impor, fora dele a diretoria tem que ter o entendimento de que a Libertadores deve ser a prioridade do Flamengo no ano, uma obsessão para que não se repita os mesmos erros dos últimos anos. As campanhas da equipe em competições internacionais não condizem com a grandeza do clube carioca. 

O Flamengo se reapresenta no dia 13 de janeiro, de olho na preparação para a temporada. A ideia é dividir o elenco em dois, os que serão mais utilizados no carioca e os que serão mais utilizados na Copa Libertadores da América.