Libertadores terá primeira partida com arbitragem totalmente feminina

·1 minuto de leitura

Pela primeira vez, uma partida da Libertadores será arbitrada por um quarteto de arbitragem composto todo composto por mulheres. O anúncio foi feito pela Conmebol, nesta sexta-feira, por meio do Twitter.

O jogo em questão é o Defensa y Justicia contra o Independiente del Valle, na próxima quinta-feira, 27, no Equador.

As árbitras são as brasileiras Edina Alves e Neuza Back, ao lado das colombianas Cindy Nahuelcoy e María Belen Carvajal.

Além disso, a assessora do grupo será Sabrina Lois, da Colômbia, e Ana Paula de Oliveira, brasileira, na assessoria de vídeo. Ano passado, a argentina Mariana De Almeida também estreou como bandeirinha no torneio continental, no duelo entre Racing e Nacional-URU.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos