Caminhoneiros: liderança de 2018 parabeniza Lula e diz ser contra bloqueios

Líder dos caminheiros em 2018 parabeniza Lula e diz ser contra bloqueios. (AP Photo/Eraldo Peres)
Líder dos caminheiros em 2018 parabeniza Lula e diz ser contra bloqueios. (AP Photo/Eraldo Peres)

Um dos líderes da greve de caminhoneiros em 2018, o motorista Wallace Landim (Chorão) declarou que é contra os bloqueios que a categoria vem organizando nas estradas desde o domingo (30). A reação dos trabalhadores é a respeito da vitória do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). "Esse momento de parar o país vai prejudicar muito a economia", disse o presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores.

Apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) fecharam os dois sentidos da Via Dutra no Rio de Janeiro na madrugada desta segunda-feira (31), após a derrota do candidato no segundo turno da eleição presidencial para Lula. Segundo Chorão, o país contabiliza mais de 60 pontos de bloqueio em diversos estados.

"Quero me colocar aqui através da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava), reconhecer a eleição, a democracia desse país e parabenizar o presidente Lula pela vitória", disse em vídeo. "Não é o momento de parar o país, precisamos estar alinhados, precisamos lutar pelo nosso segmento", finalizou.

O bloqueio foi feito em um ponto da rodovia na cidade de Barra Mansa. Até a manhã desta segunda, a via que é a principal ligação entre o Rio e São Paulo seguia totalmente bloqueada. Por conta da interdição, às 8 horas, havia 17 km de trânsito no sentido RJ e 7km no sentido SP.

Veja alguns dos principais bloqueios:

Goiás: na BR-060, em Anápolis, e na BR-153, em Itumbiara;

Mato Grosso: sete interdições na BR-163, uma na BR-364, em Cuiabá, e uma na BR-070, em Várzea Grande;

Pará: na BR-163, em Santarém;

Paraná: na PR-317, em Maringá;

Rio Grande do Sul: dois bloqueios na ERS-122, dois na BR-285, dois na BR-116, um na ERS-463 e um nas BRs 470, 158 e 153;

Santa Catarina: nove na BR-101, três na BR-280, três na BR-470 e um nas BRs 116, 153 e 282;

São Paulo: um na BR-153 em São José do Rio Preto.