Lindsey Graham, Ted Cruz e outros republicanos saem em defesa de Trump

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após serem cobrados por filhos de Donald Trump, alguns membros do Partido Republicano saíram em defesa de Donald Trump, incluindo os senadores Lindsey Graham e Ted Cruz, sem citar provas. Na Fox News, Graham disse que a eleição foi manipulada e que doará US$ 500 mil para ajudar a campanha de Trump em batalhas jurídicas. Afirmou também estar aberto a ideia de que os parlamentares da Pensilvânia elejam seus próprios delegados, em vez de levar em conta a vontade dos eleitores do estado, onde Biden tem boas chances de vencer. Também na Fox News, Ted Cruz também acusou os democratas de tentar roubar o resultado. E Tommy Tuberville, senador republicano recém-eleito, fez críticas no Twitter. "É como se tivessem apitado, os jogadores ido pra casa, mas os juízes de repente estivessem adicionando pontos para o outro time no placar", comparou.