Linha Amarela é fechada no sentido Fundão após manifestação por morte de morador da CDD

Diego Amorim
·1 minuto de leitura

A morte de Marcelo Guimarães, de 38 anos, vítima de bala perdida próximo à comunidade Cidade de Deus, motivou um protesto de moradores em um dos acessos para a Linha Amarela. A Via Expressa foi fechada no sentido Fundão e demais bairros da Zona Norte do Rio no início da tarde desta segunda-feira, dia 4. Os manifestantes colocaram pedaços de madeira e de móveis na Estrada do Gabinal, que dá acesso à Avenida Ayrton Senna, e que foi interditada há mais de uma hora.

O clima é tenso na região. Policiais militares acompanham a ação, e um blindado da PM acaba de chegar no local. Os moradores fazem uma corrente no meio da pista como forma de protesto e tentam impedir a entrada do carro.