Linhagem BA.5 da ômicron domina casos de Covid em Portugal, que lidera novos contágios na UE

De acordo com o Centro Europeu para Prevenção e Controle de Doenças, a linhagem BA.5 da variante ômicron passa a ser a responsável pela maioria dos casos de Covid-19 em Portugal a partir deste domingo (22).

Por Caroline Ribeiro, correspondente da RFI em Lisboa

A BA.5 e a BA.4 são as duas linhagens identificadas inicialmente na África do Sul, no começo deste ano, e que conseguem romper as barreiras de imunidade fornecidas pelas vacinas e por infecções anteriores do coronavírus. O centro europeu diz que a prevalência das duas linhagens ainda é baixa no continente, mas que existe potencial para que dominem os novos contágios nos próximos meses.

“É uma linhagem mais transmissível e com algumas mutações que são associadas a uma maior capacidade do vírus para infectar e fugir ao sistema imunitário”, explica o pesquisador João Paulo Gomes, do Instituto Nacional de Saúde de Portugal, durante apresentação do último relatório epidemiológico do país.

Portugal tem visto um crescimento exponencial de casos de Covid-19 nas últimas semanas. Para os especialistas, o motivo é o avanço da BA.5 somado ao fim da obrigatoriedade do uso da máscara, decidido em abril pelo governo. O acessório só continua sendo exigido dentro do transporte público e para visitas a casas de repouso.

Maior número de casos diários da UE


Leia mais

Leia também:
Varíola dos macacos pode levar à morte, diz especialista na França, onde 1° caso foi confirmado
Covid-19: Após mais de 2 anos fechado para turistas, Japão volta a receber visitantes estrangeiros
França: Fim das restrições leva “indústria da Covid” a se reposicionar

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos