Liquidificador: quando é a hora de trocar o equipamento?

Cheiro de queimado, partes quebradas, ingredientes mal processados… Tudo isso pode indicar que chegou a hora de investir em um novo liquidificador. O Shoptime explica os sinais para você se programar para trocar o aparelho sem sustos.

1- Cheiro de queimado

Sentir cheiro de queimado ao usar o liquidificador ou logo depois de desligá-lo indica que pode haver problema com o motor ou superaquecimento no isolamento do aparelho. E, normalmente, esse é um sinal de que o equipamento está perto de queimar, principalmente, se for usado em um preparo mais longo ou com ingredientes mais densos.

2- Perda da potência

Outro sinal de que tem algo errado é o liquidificador perder potência e deixar de entregar bons resultados, como fazia antes. O processamento dos ingredientes não está mais homogêneo ou a máquina precisa de muito mais tempo e esforço. Isso também pode indicar problemas graves no motor.

3- Motor queimado

Se o motor começa a apresentar sinais de que está falhando, cheiro de queimado, perda de potência e da eficiência, em parte dos casos, é possível recorrer a uma assistência técnica para tentar consertar o liquidificador. Mas se o motor queimar de vez, o conserto vai ficar mais caro e pode valer mais a pena comprar um equipamento novo.

4- Partes quebradas

Muitas partes de um liquidificador são substituíveis, principalmente, se você possuir um equipamento de marca nacional e lançado há menos de cinco anos.

Se o copo, a tampa, a lâmina, o encaixe ou alguma parte do corpo do aparelho quebrar, você encontra peças sobressalentes originais, no site da fabricante ou assistências autorizadas, e também peças compatíveis, que costumam funcionar perfeitamente.

Inclusive, trocar a lâmina, o copo e o encaixe no corpo do liquidificador pode ser uma boa forma de aumentar sua vida útil. Porém, ao fazer o orçamento, compare com o preço de um aparelho novo, para avaliar se vale a pena fazer essa manutenção ou não.

Como escolher um novo liquidificador

Ter um bom liquidificador em casa ajuda muito. Ele serve para bater sucos, vitaminas e shakes, inclusive, com gelo, e também para triturar, picar e misturar ingredientes mais densos e que exigem potência. O copo grande e as múltiplas velocidades são perfeitos para massas úmidas e sopas.

Leia mais: Liquidificador com copo de vidro é melhor? A gente te conta!

Mas tudo isso depende da potência. Um equipamento barato e menos potente não vai conseguir processar ingredientes mais consistentes, triturar grãos ou fazer uma sopa com legumes.

Para uma rotina de muitos preparos na cozinha, o ideal é escolher um liquidificador de 500 watts, pelo menos. Também verifique as funções, opções de velocidade e o tipo de lâminas. De forma geral, quanto mais lâminas no copo, melhor para um resultado mais homogêneo.

Liquidificadores com copos de plástico são mais baratos, enquanto os copos de vidro exigem mais cuidado, mas não absorvem nenhum cheiro.

É importante avaliar a qualidade da marca, a durabilidade do equipamento, a possibilidade de substituir peças e a presença de assistência técnica na sua região.

Já quem mora sozinho e usa o eletroportátil apenas para sucos, shakes e vitaminas pode apostar em um mini blender, ou liquidificador individual. Em quase todos os modelos, o copo vem com tampa e já vira o seu companheiro para a academia.

Que tal dar uma passadinha pelo Shoptime para escolher um novo liquidificador e conferir as promoções? Você pode comprar pelo site ou baixar o app Shoptime, que tem descontos exclusivos e permite acompanhar o status da sua entrega, além de muitas outras vantagens.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos