CORREÇÃO-Lira diz que bancadas não mudarão no 2º turno da PEC dos Precatórios, mostra confiança na aprovação

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Corrige 3º parágrafo para 456 presentes, em lugar de 466)

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta quinta-feira que não vê a possibilidade de mudanças bruscas nos votos dados pelas bancadas dos partidos no primeiro turno de votação da PEC dos Precatórios e acredita na aprovação da proposta, na segunda e última etapa de votação, na próxima semana.

Em entrevista coletiva após reunião de líderes, Lira disse que a PEC volta ao plenário da Câmara às 9h da próxima terça-feira, começando com análise dos destaques, para a conclusão do primeiro turno, e depois com a segunda rodada de votação.

O presidente da Câmara disse que não espera um placar apertado na próxima etapa --no primeiro turno foram 312 votos a favor da PEC, pouco acima do mínimo necessário de 308 votos-- porque na votação encerrada nesta madrugada do primeiro turno houve 456 presentes dentre os 513 deputados. Ele disse esperar uma maior presença de votantes na semana que vem.

"A PEC não vai ser enterrada, não vou falar sobre conjecturas", assegurou ele, após ter sido questionado sobre se haveria um plano B para a proposta, tida como fundamental para viabilizar o substituto do Bolsa Família, o Auxílio Brasil de 400 reais por mês.

(Reportagem de Ricardo Brito)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos