Lira indica deputada bolsonarista para relatar caso Daniel Silveira

Natália Portinari
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA - O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), indicou a deputada Magda Mofatto (PL-GO) como relatora da votação sobre a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ). Inicialmente, o relator seria Carlos Sampaio (PSDB-SP), mas a indicada na manhã de hoje foi Mofatto.

Caso Madga seja favorável à manutenção da prisão, é preciso que 257 deputados, a maioria absoluta da casa, votem a favor de reverter a prisão e soltar Silveira, cenário visto como improvável. O presidente da Câmara e líderes partidários sinalizaram ontem que há maioria absoluta da Casa para manter o deputado preso.Magda Mofatto é empresária bolsonarista e pertence à "bancada da bala" no Congresso. Tem afinidade ideológica com Daniel Silveira. Foi uma das principais apoiadoras de Jair Bolsonaro no Congresso em 2018. Naquele momento, era a deputada federal mais rica da Câmara, com patrimônio de R$ 21 milhões.