Lira parabeniza Lula pela vitória: "a vontade da maioria, manifestada nas urnas, jamais deverá ser contestada"

Aliado de Bolsonaro, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), se pronunciou na residência oficial da Casa, em Brasília, e parabenizou Lula pela vitória na disputa pela presidência do Brasil.

Acompanhado do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), do líder do seu partido, André Fufuca (PP-MA), e dos deputados Celso Sabino (União-PA), Felipe Carreras (PSB-PE), Danilo Forte (União-CE) e Hugo Leal (PSD-RJ), Lira afirmou que "é hora de desarmar os espíritos, estender a mão aos adversários, debater, construir pontes, propostas e práticas que tragam mais desenvolvimento, empregos, saúde, educação e marcos regulatórios eficientes".

Também defendeu que "a vontade da maioria, manifestada nas urnas, jamais deverá ser contestada" e disse que não irá aceitar "revanchismos ou perseguições, seja de que lado for".

Segundo ele, agora é necessário "restabelecer o respeito e autonomia dos Poderes e avançar para melhorar a vida de todos, principalmente os mais vulneráveis”.

Após a divulgação do resultado, Lira já tratou de telefonar diretamente para Lula e para Bolsonaro.