Lira quer votar privatização dos Correios entre julho e agosto

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA — O presidente da Câmara, Arthur Lira, afirmou nesta terça-feira que deve colocar o projeto que privatiza os Correios em discussão no plenário da Casa entre julho e agosto.

— Lógico que temos que contar com todas as imprevisibilidades, mas entre a segunda quinzena de julho e primeira de agosto nós deveremos estar com o projeto da privatização dos Correios em plenário para que possa ser discutido pelos deputados e deputadas — afirmou o parlamentar.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, Lira explica que o projeto deve seguir o rito de outros textos. Primeiro, o relator, deputado Gil Cutrim (Republicanos - AM) vai apresentar o texto para os líderes da base do governo que devem apresentar sugestões.

Em seguida, o relatório ainda deve ser apresentado para todas as lideranças da Casa.

— Essa transparência, essa clareza, faz com que as matérias, quando cheguem ao plenário, tenham sua aprovação de maneira facilitada — explicou Lira.

O GLOBO publicou nesta terça-feira que o Ministério da Economia decidiu vender 100% dos Correios em um leilão previsto para março de 2022. O cumprimento do cronograma pelo Congresso é fundamental para que o leilão aconteça no tempo previsto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos