Lisa, do Blackpink, destaca suas raízes tailandesas em estreia solo; veja o MV 'Lalisa'

·3 minuto de leitura

Lisa, integrante do Blackpink, realizou sua estreia musical solo à 1h desta sexta-feira, dia 10, com o lançamento do single álbum "Lalisa", composto por duas faixas, a principal, também chamada "Lalisa", com direito a videoclipe, e a canção "Money", numa divulgação que movimenta as redes sociais. O nome da cantora já configurava nos assuntos do momento do Twitter Brasil com mais de 2 milhões de menções nos 30 minutos anteriores à divulgação.

— Continuo me sentindo nervosa e ainda não consigo acreditar — contou a artista em coletiva de imprensa realizada algumas horas antes do lançamento.

Na conferência, ela explicou suas decisões no processo de criação para que pudesse destacar vários lados de si mesma através desse trabalho individual.

— Acho que é uma música que pode realmente mostrar a força do meu nome e meu lado confiante. Espero que as pessoas ouçam a música e pensem: "Uau, é isso. Isso é algo que só Lisa pode fazer". A coreografia também é fácil de dançar, então espero que vocês se divirtam dançando.

E essa foi a principal razão pela qual decidiu colocar nele seu próprio nome.

— Porque este é meu primeiro single álbum, e também porque o título do mini-álbum é meu nome, "Lalisa", ele tem muito significado para mim — afirmou. — Eu queria me mostrar, Lalisa, exatamente como sou, por isso acabei usando esse título.

Lisa disse ainda que optou por usar elementos da cultura tailandesa para refletir ainda mais quem ela é.

— Eu queria que "Lalisa" tivesse um toque tailandês nela. O cenário e as roupas também captam bem essa vibração tailandesa.

A rapper contou ter compartilhado essa intenção com o produtor Teddy Park, que já atua na composição de músicas para o Blackpink, de forma que as sugestões dele lhe agradaram bastante.

— Depois que eu disse que queria incluir uma vibe tailandesa, Teddy arranjou a música em um estilo tailandês e eu fiquei muito tocada.

Já para montar seu visual em "Lalisa", ela disse ter se inspirado também no estilo de seu país natal.

— Gostei muito do resultado. Eu também usei roupas tailandesas no videoclipe. Acho que os resultados foram muito bonitos.

Quanto às expectativas que tem para sua estreia solo, Lissa disse que pretende mostrar mais de si mesma para e público e agradar os blinks com sua música.

— Em vez de focar em classificações, espero que as pessoas vejam que Lisa tem esse lado dela também. Se eu puder deixar os blinks felizes com minhas músicas e performances, estou satisfeita.

Ainda sobre a relação com os blinks, Lisa declarou estar com muita saudade de realizar shows presenciais e sente muita falta desse contato direto com a energia da plateia.

— Faz tanto tempo que não vejo os blinks que às vezes procuro vídeos de shows em que estava junto com os fãs.

Lisa também destacou o apoio que recebeu das suas colegas de grupo, Rosé, Jennie e Jisoo.

— Todas as outras integrantes vieram ao meu local de gravação do videoclipe para me animar e ficaram comigo até altas horas da madrugada. Eu me senti muito confortada com a presença delas.

Uma diferença perceptível na aparência de Lisa para os blinks, como os fãs do Blackpink são chamados, foi a ausência de sua icônica franja, normalmente usada por ela de forma centralizada, cobrindo a testa.

— Eu queria mostrar um novo lado de mim mesma, então deixei minha testa descoberta pela primeira vez durante a sessão de fotos da capa do meu álbum.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos