Liverpool pode vender Salah, e jornal cita possível destino do atacante

Mohamed Salah está no Liverpool desde 2017 e é um dos grandes ídolos do clube vermelho (Foto: PAUL ELLIS / AFP)


A novela envolvendo a renovação de contrato do atacante Mohamed Salah com o Liverpool ganhou mais um capítulo. De acordo com a imprensa inglesa, clube e jogador desejam que a trajetória continue sendo vermelha, mas uma saída de Anfield não está descartada.


Conforme o jornal "The Sun", os Reds não querem vender o jogador em um primeiro momento, mas em caso de uma oferta as coisas podem mudar. O portal, entretanto, garante que o time inglês só negociará o egípcio por pelo menos 70 milhões de euros (R$ 385 mi).

+ Veja a tabela e os grupos da Copa do Mundo de 2022

O camisa 11 do Liverpool tem vínculo somente por mais um ano e, caso não renove, poderá assinar um pré-contrato com outro clube a partir de janeiro. Desta maneira, ele deixaria os Reds de graça. A decisão de pensar em vender o atacante é justamente para lucrar.

O impasse entre Salah e Liverpool acerca de um novo contrato já vem de algum tempo. A renovação é um desejo mútuo, mas os valores divergem. O egípcio deseja receber 465 mil euros (R$ 2,5 mi) por semana, quantia que seria a maior do elenco britânico.

REAL MADRID OBSERVA SITUAÇÃO
Ainda de acordo com informações do "The Sun", o Real Madrid está analisando a contratação de Mohamed Salah. Após não conseguir fechar com Kylian Mbappé, que renovou com o Paris Saint-Germain, o atual campeão europeu pensa em fazer uma proposta ao atleta.

+ Menos de 150 dias para a Copa do Mundo: veja todos os estádios do Mundial do Qatar

Salah encaixaria exatamente no que pensa o time merengue hoje. Com Vini Jr. firmado na esquerda e Karim Benzema como principal referência, o egípcio assumiria a posição na ponta direita, setor que não teve uma unanimidade durante a temporada 2021/22.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos