Livro dos recordes Guinness reconhece conquista na estreia solo de Lisa, membro do Blackpink

·2 minuto de leitura

Lisa, do Blackpink, começou sua carreira solo quebrando recorde. O MV de seu single de estreia, "Lalisa", lançado em 10 de setembro, se tornou o videoclipe de um solista com mais visualizações no YouTube nas primeiras 24 horas de publicação, somando 73,6 milhões acessos. A conquista foi reconhecida, na última sexta-feira, dia 8, pela edição de 2022 do livro dos recordes Guinness.

A marca anterior pertencia a Taylor Swift, com a canção "ME!", de abril de 2019, que recebeu 65,2 milhões de visualizações nas primeiras 24 horas. A neozelandesa Rosé, também integrante do Blackpink, havia conquistado o maior número de visualizações no dia de lançamento para um videoclipe de solista no K-pop, com sua música de estreia solo, "On the ground", angariando 41,6 milhões de acessos.

Nascida em Buriram, Tailândia, Lisa mudou-se para a Coreia do Sul em 2011 com o sonho de praticar como trainee para debutar como idol num grupo de K-pop, que foi realizado em 2016, coma formação do quarteto, composto por Lisa, Rosé, Jennie e Jisoo. Seu single álbum "Lalisa" é composto por duas faixas: a principal, também chamada "Lalisa", e a canção "Money", que ganhou recentemente uma versão com enfoque na coreografia.

Com vários prêmios, incluindo um People’s Choice Award, um Teen Choice Award e um MTV Video Music Award, o Blackpink também soma importantes conquistas em sua carreira. As idols já tiveram tanto o vídeo, de forma geral, quanto o MV mais visto no YouTube nas primeiras 24 horas, com 86,3 milhões de visualizações em "How You Like That" em junho de 2020, assim como o maior número de espectadores numa estreia, também tanto entre MVs quanto de qualquer outro vídeo já publicado na plataforma. Estes recordes, porém, agora pertencem ao BTS com o single "Butter", em maio de 2021.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos