Livro do príncipe Harry é o 'não ficção' vendido mais rápido na história do Reino Unido

O livro de memórias do príncipe Harry, intitulado "Spare" ("O que sobra", traduzido para o português), atingiu o número 1 de vendas da Amazon, no Reino Unido, antes mesmo da publicação. Lançado nesta terça-feira, já vendeu mais de 400 mil cópias entre livros físicos, e-books e audiolivros. A publicação simultânea, em 16 línguas, inclui o Brasil onde a obra foi publicada pelo selo Objetiva.

Previsto para ser um dos livros mais vendidos do ano, "O que sobra" teve o título de "número 1", no Reino Unido, um dia antes da publicação, segundo o jornal The Guardian. No país britânico, as memórias do duque de Sussex dominou as paradas de best-sellers da Amazon. Além de estar também entre os maiores títulos de pré-venda para varejistas de rua no dia 09.

Ainda de acordo com o The Guardian, o livro "vendeu bem" na Waterstones, onde John Cotterill, gerente da categoria de não-ficção da Waterstones, afirmou que foi “um dos maiores títulos de pré encomenda da última década para a Waterstones”:

— Esperamos que o alto interesse do cliente seja sustentado após a publicação, com tudo apontando para "Spare" como um dos best-sellers de 2023 — acrescentou.

Mais de 400 mil cópias já saíram das prateleiras, segundo a informação publicada pela editora britânica Transworld nesta quarta-feira em 24 horas de vendas.

— Sempre soubemos que esse livro seria um sucesso, mas ele está excedendo nossas mais loucas expectativas. Até onde sabemos, os únicos livros a venderem mais em seu primeiro dia são aqueles do outro Harry (Potter) — disse Penguin Random House diretor da editora Transworld no Reino Unido afirmando que o livro de não ficção vendido mais rápido na história do país.

Entre as expectativas em torno da obra, as revelações de Harry e seu irmão, o príncipe William, em entrevistas falando sobre briga física dos dois, pedidos de que o pai não se casasse, a crença da morte da mãe ser falsa, virgindade e o consumo de cocaína fomentaram a onda de interesse pelo título.