Policial israelense é filmado agredindo violentamente motorista palestino

Jerusalém, 23 mar (EFE).- Um agente que foi gravado nesta quinta-feira agredindo um motorista palestino na parte ocupada de Jerusalém, em um fato divulgado pelas redes sociais, foi afastado do serviço da polícia.

Nas imagens, o agente, de identidade desconhecida, dá uma forte cabeçada no motorista após manter uma conversa com ele.

Pouco depois, dá vários socos no abdômen e repete a agressão quando dois palestinos que estavam nas imediações tratam de separá-lo de sua vítima.

"Trata-se de um comportamento muito grave que não está à altura do comportamento esperado de um policial", disse a porta-voz desse corpo de segurança Luba Samri, em comunicado.

O agente foi retirado de serviço e seu caso levado à unidade de investigações internas, dependente do Ministério da Justiça.

É possível ouvir no vídeo uma discussão entre o policial israelense e o motorista palestino, a quem o primeiro pergunta: "Você se atreve a me ameaçar? Eu vou pagar por isso, eu vou pagar por isso? Pedaço de filho-da-puta!".

O motorista responde. "Não estou ameaçando ninguém".

E quando dois transeuntes se aproximam para separá-los, um deles também é agredido.

O agente pertence à unidade de patrulha da Polícia de Jerusalém e o fato ocorreu perto do Comando Nacional, no bairro de Wadi Joz.

Ahmad al Tawil, um jerosolimitano de 26 anos e testemunha dos fatos, declarou à agência "Ma'an" que o motorista estava ligando seu veículo quando o agente se aproximou, com uma pistola, e chamou atenção porque tinha batido em seu carro estacionado.

Al Tawil disse que tratou de intervir quando o agente começou a agressão e que também ele levou vários golpes no estômago e na cabeça. EFE