Loja em SP tira da vitrine tacos de beisebol com inscrição “direitos humanos” após ser notificada

·1 minuto de leitura
Tacos com inscrição
Tacos com inscrição "direitos humanos" são encontrados à venda na internet - Foto: Reprodução/Facebook
  • Loja comercializava tacos de beisebol com inscrições que incitavam a violência

  • Após notificação do shopping, o estabelecimento retirou os materiais de sua vitrine

  • Alguns destes tacos possuíam arame farpado enrolado na ponta

Uma loja retirou de sua vitrine tacos de beisebol com inscrições consideradas incitações à violência. O estabelecimento de um centro comercial em Bauru, interior de São Paulo, tomou a medida após ser notificado pelo shopping onde está instalado.

Imagens com os itens viralizaram na internet e geraram repercussão negativa. O taco com a inscrição “direitos humanos” foi o mais criticado, mas a loja também vendia o objeto com dizeres como: “diálogo”, “freio de mano”, “boa noite”, “punisher” (justiceiro, em inglês), entre outros. Alguns deles, com arame farpado enrolado na ponta.

Leia também:

Segundo o G1, os itens eram comercializados por valores entre R$ 200 e R$ 210, e a loja vendia também artigos como materiais esportivo, armas de pressão para atividades de tiro esportivo, cutelaria, além de abrigar um estande de tiro de airsoft.

Em contato com os funcionários do local, a reportagem do site foi avisada de que ninguém falaria sobre este tema.

Direção do shopping pediu retirada

A repercussão negativa dos objetos fez com que a direção do shopping se manifestasse e pedisse a retirada dos mesmos da vitrine, o que aconteceu na última quarta-feira (13).

"O Boulevard Shopping Bauru repudia todo e qualquer ato que incite a violência. O lojista em questão foi notificado e já retirou os objetos da vitrine", apontou o centro comercial em nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos