Lojas Americanas: governo Lula não anunciou que vai socorrer rombo de R$ 20 bilhões

Publicações nas redes se baseiam em uma reportagem de 2014

Fachada das Lojas Americanas durante a pandemia de covid-19 (Foto: Getty Images)
Fachada das Lojas Americanas durante a pandemia de covid-19 (Foto: Getty Images)

Circula nas redes sociais que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria anunciado uma ajuda às Lojas Americanas. Entenda a informação viralizada:

  • O governo teria supostamente anunciado que vai ajudar as Lojas Americanas com o seu rombo de R$ 20 bilhões

  • A ajuda seria dada por meio do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social)

Mas essa informação é enganosa. O governo não anunciou qualquer ajuda às Lojas Americanas. Além disso, o financiamento de R$ 1,2 bilhão do BNDES aconteceu em 2014, não em 2023.

Captura de tela de publicação que alega que governo Lula teria anunciado socorro às Lojas Americanas após rombo de R$ 20 bilhões (Foto: Reprodução / Twitter)
Captura de tela de publicação que alega que governo Lula teria anunciado socorro às Lojas Americanas após rombo de R$ 20 bilhões (Foto: Reprodução / Twitter)

O governo anunciou ajuda às Americanas?

Uma busca no Google pelas palavras-chave "governo apoio Americanas" não identificou qualquer notícia sobre o suposto anúncio de socorro à empresa.

E o financiamento do BNDES?

As publicações nas redes têm se baseado em um artigo do Estadão. A notícia, porém, é antiga e foi publicada em julho de 2014. Naquela data, o BNDES havia divulgado um financiamento firmado com as Lojas Americanas no valor de R$ 1,22 bilhão.

No site do banco, foi feita uma consulta das operações junto às Americanas, mas não foi obtido qualquer resultado recente. A última operação da empresa com o BNDES, disponível na plataforma, foi realizada em maio de 2018.

Conteúdo semelhante foi analisado pelo Estadão Verifica.

Não caia em fake news, confira os últimos boatos verificados pelo Yahoo! Notícias: