Londres se despede dos Jogos com festa musical 100% 'british'

Com uma festa no mais puro estilo britânico e um desfile de astros musicais, Londres deu adeus, este domingo, aos seus terceiros Jogos Olímpicos, e passou o bastão de sediar o maior espetáculo esportivo do mundo ao Rio de Janeiro, que organizará a edição de 2016.

O prefeito Eduardo Paes recebeu do colega londrino, Boris Johnson, e do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, a simbólica bandeira olímpica antes do show 'Abraço', uma colorida apresentação de oito minutos que fechou a cerimônia.

Rogge declarou encerrados os Jogos de Londres em meio a aplausos do Estádio Olímpico, e a chama que iluminou a capital britânica durante os 19 dias de competições se extinguiu.

O presidente do Comitê Organizador de Londres-2012, Sebastian Coe, lançou uma mensagem de agradecimento a atletas, voluntários e os demais envolvidos na 30ª edição dos Jogos.

"Quando nosso momento chegou, estivemos à altura", disse Coe.

"Foram Jogos Alegres e Gloriosos", concordou Rogge.

A festa de despedida preparada por Londres se concentrou em astros da música britânica, com ícones mundiais como George Michael, Pet Shop Boys e as cinco integrantes das 'Spice Girls', reunidas especialmente para a ocasião.

O 'grand finale' ficou por conta dos veteranos do The Who, que interpretaram a imortal 'My Generation'.

Se a cerimônia de abertura foi um olhar para as raízes históricas e culturais britânicas, com pitadas de humor, o encerramento foi mais leve, com elementos 'pop' e 'kitsch', também associados às ilhas.

As 'Spice Girls' cantaram 'Wannabe' no topo de táxis londrinos, enquanto sobre um polvo gigante e dançarino apareceu o DJ Fatboy Slim.

No show visual, que mobilizou umas 4.000 pessoas, teve até passarela para que as 'top models' Kate Moss, Naomi Campbell e Georgia May Jagger exibissem a alta costrua britânica.

Para matar as saudades, o membro do extinto grupo cômico Monty Python Eric Idle cantou a ode ao otimismo 'Always look on the Bright Side of Life', tema do hilário filme da trupe, 'A Vida de Bryan'.

Mas também houve momentos comoventes, como a interpretação da canção 'Imagine', primeiro pelo Coro Juvenil da Filarmônica de Liverpool, e depois na própria voz do falecido autor, John Lennon, cuja imagem foi projetada no telão.

Outro homenageado foi o cantor Freddy Mercury, que também apareceu no telão chamando o público a cantar com ele, antes que seus ex-colegas de banda, Brian May e Roger Taylor, executassem 'We will rock you', acompanhados da jovem Jessie J.

Na segunda parte da cerimônia, os atletas entraram na mesma pista em que nos últimos dias reinaram gigantes como o jamaicano Usain Bolt e o queniano David Rudisha.

Primeiro, os porta-bandeiras desfilaram sozinhos e, depois de se colocarem ao longo do palco, ao seu redor começaram a circular as milhares de esportistas que ainda não deixaram Londres.

Em uma parte reservada da cerimônia, o Rio de Janeiro exibiu um espetáculo que prestou homenagem a ícones da música brasileira, tendo Pelé como convidado surpresa.

Ovacionado, "O Rei", considerado um dos maiores jogadores de futebol da história, saudou a multidão e dançou com a modelo Alessandra Ambrósio e a cantora Marisa Monte, enquanto fogos de artifício iluminavam o céu de Londres.

O hino do Brasil ecoou no estádio londrino, enquanto era hasteada a bandeira do próximo país organizador dos Jogos Olímpicos, que em 2016 serão celebrados pela primeira vez na América do Sul.

Carregando...

Siga o Yahoo Notícias