Longa de James Gray, produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira, entra na competição em Cannes

Nesta quinta-feira (19), o filme “Armageddon Time”, de James Gray, entra na competição pela Palma de Ouro no Festival de Cannes. O longa americano é produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira, da RT Features, que desponta como um dos principais nomes de Hollywood atualmente.

Adriana Brandão, enviada especial ao Festival de Cannes

“Armageddon Time” é um filme autobiográfico, focado na juventude de James Gray em Nova York nos anos 1980, no momento da chegada de Ronald Reagan ao poder. Ele conta a história de um adolescente judeu, segundo filho de uma família de classe média baixa. Todo o investimento da família vai para o primogênito. O segundo filho, sonhador, estuda em uma escola pública até ser expulso e ser finalmente enviado a uma escola privada do Queens, dirigida por Fred Trump, pai de Donald Trump.

Segundo Rodrigo Teixeira, o filme fala de um tema muito presente atualmente. “É um filme sobre o racismo. Todo mundo sofre racismo nos Estados Unidos em alguma escala; o latino, o negro, o judeu, todo mundo sofre. O filme se passa em um momento que os EUA saiam do (governo do) Jimmy Carter, democrata, e vem o Ronald Regan e a volta de um país mais conservador”, conta o produtor.

Ele é um “cineasta autoral e independente”, ressalta Rodrigo Teixeira, “muito mais reconhecido na Europa do que nos Estados Unidos. O grande público americano não conhece porque ele não se rendeu a fazer filme para o grande público”. Alguns críticos colocam “Armageddon Time” na lista dos favoritos, mas o produtor brasileiro prefere não ter expectativa:


Leia mais

Leia também:
Brasil fica de fora da seleção oficial do Festival de Cannes 2022; 18 filmes estão na competição
Discurso de Zelensky marca a abertura da 75ª edição do Festival de Cannes
Filme de zumbi em homenagem ao cinema amador faz rir plateia em Cannes

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos