Longe de Haaland e Lewandowski, Lukaku pode ser o plano C do Barcelona

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Romelu Lukaku não vive grande momento no Chelsea e pode aparecer como reforço do Barcelona. Foto: Ash Donelon/Manchester United via Getty Images
Romelu Lukaku não vive grande momento no Chelsea e pode aparecer como reforço do Barcelona. Foto: Ash Donelon/Manchester United via Getty Images

A contratação de um centroavante continua sendo a prioridade do Barcelona para fortalecer o elenco para a próxima temporada. O nome da vez é do belga Romelu Lukaku que entra em uma lista que tem Haaland e Lewandowski, sendo que essas estão ficando complicadas e parece muito difícil que o clube do Barça consiga seus serviços neste verão.

Ao que parece o norueguês está entre Manchester City e Real Madrid, embora o Bayern nunca tenha deixado de tê-lo na mira, enquanto o Barcelona não consegue alcançar financeiramente os números envolvidos nesta operação entre transferência, recorde e comissões.

Leia também:

O caso de Lewandowski também é complicado. O Bayern foi muito contundente ao declará-lo intransferível. A ideia do Bayern é renová-lo, mas se não houver acordo, o clube bávaro está disposto a mantê-lo por um ano e deixá-lo sair em 2023, quando seu contrato terminar.

Diante dessa situação, a diretoria do clube catalão quer partir para um plano C. E é aí que entra o nome de Lukaku. O atacante belga não está feliz no Chelsea e dever ser um dos nomes que estará na lista de transferências na próxima janela.

Apesar de não viver sua melhor fase, a qualidade de Lukaku como goleador é incontestável. Nesta temporada ele marcou apenas 12 gols muito abaixo dos anos anteriores na Inter de Milão onde anotou 64 gols em 95 jogos.

Dirigentes do clube espanhol como Mateu Alemany e Jordi Cruyff já se reuniram com Federico Pastorello, representante do jogador, para ver as possibilidades de contratação do atacante. E será uma operação muito complicada.

O Chelsea pagou 115 milhões pelo atacante há um ano, então ainda tem 92 milhões para pagar e isso já indica o que pode custar uma transferência que o Barcelona não consegue alcançar hoje.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos