Lorena Improta expõe 'trauma' durante sexo na gravidez: 'Não queria mais transar'

Lorena Improta revelou ter tido algumas dificuldades durante a gravidez de Liz (Foto: Agnews)
Lorena Improta revelou ter tido algumas dificuldades durante a gravidez de Liz (Foto: Agnews)

Resumo da Notícia:

  • Lorena Improta detalhou a experiência do pós-parto

  • Dançarina sentiu dores ao ter relações sexuais com marido no último trimestre da gestação

  • Influenciadora descobriu que incômodo se tratava de uma contração

Lorena Improta abriu o jogo sobre a gravidez e o período de pós-parto de Liz, sua filha de 1 ano com o cantor Léo Santana. Em entrevista ao podcast "Mil e Uma Tretas", a dançarina contou que sentiu dores ao ter relações sexuais com o marido. A infuenciadora descobriu depois, que, na verdade, teve uma contração.

"Foi uma dor que eu só entendi que era uma contração depois que entrei em trabalho de parto. Eu não fazia ideia de onde tinha vindo e fiquei traumatizada. Não queria mais transar", explicou.

Lorena falou também que sofreu de "baby blues", uma tristeza que surge lá pelo 3º até o 5º dia após o nascimento do bebê, porém, costuma se resolver sozinha depois de algumas semanas e não necessita de tratamento. "Ouvia muito falar, tentei entender o que eu poderia passar, mas me pegou muito desprevenida. A gente não espera que vai acontecer com a gente", afirmou.

Segundo Lorena, os 15 primeiros dias foram os mais difíceis: "Sempre fui muito positiva, alto-astral, mas eu só ficava triste. Estava com a minha família, meu marido, a neném com saúde e eu só chorava. A sensação é de que não vai passar nunca. São noites mal dormidas, a amamentação que foi muito difícil para mim e achei que não ia conseguir porque fiz duas reduções de mama antes de engravidar, mas tive leite, só que para manter esse fluxo de leite foi muito cansativo".

Apesar da fase, Lorena disse que contou com o apoio de Leo durante o período. "Ele compreendeu muito, teve uma maturidade além do que eu imaginei. Sobre o resguardo foi muito engraçado porque alguns dias após o parto ele me 'procurou' e eu avisei que eram 45 dias", comentou.