Love decide e Flamengo vence o Vasco no Engenhão

O Flamengo conseguiu um importante resultado neste domingo no Engenhão. No clássico frente ao Vasco, em jogo válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, vitória Rubro-Negra por 1 a 0, com gol de Vagner Love ainda no primeiro tempo da partida.

O resultado leva o time do técnico Dorival Junior aos 25 pontos, na nona posição, com seu time voltando as vitórias após a derrota para o Palmeiras, na última rodada. Já o Gigante da Colina soma sua segunda derrota em três jogos, estacionando na terceira posição, dificultando ainda mais a briga pelo título.

Na próxima rodada, o Flamengo terá um novo clássico pela frente. Desta vez, o Botafogo será o adversário no Engenhão, no próximo domingo, às 16h. Já o Vasco tentará sua recuperação no Brasileirão também em um grande duelo. Clássico frente ao Fluminense, também no Engenhão, no próximo sábado, às 18h30.

PASSES ERRADOS E FLA NA FRENTE

O jogo começou com muita velocidade, com os times apostando nas características de seus jogadores de frente. No Vasco, Eder Luis era o mais acionado nos primeiros 15 minutos de partida, fazendo duelo frente ao ex-vascaíno Ramon. Pelo Fla, Thomás e Negueba tinham dificuldades para armar as jogadas ofensivas e aproveitar os espaços dados pelas defesa cruz-maltina.

O problema, nos dois times, estava na concretização das jogadas de ataque. Tanto Flamengo, quanto Vasco, chegavam até com certa facilidade ao campo adversário. Porém, os passes errados na hora de definir as jogadas deixava a partida sem um grande qualidade técnica. Felipe e Fernando Prass eram pouco exigidos, com as defesas levando a melhor sobre os ataques.

Aos 24, Dedé deu um susto na torcida cruz-maltina. Após recuada de bola por parte de Douglas, o Mito não dominou corretamente, sendo desarmado por Negueba dentro da área vascaína. Porém, o rubro-negro não conseguiu dominar a bola de forma correta, sendo desarmado em seguida pelo próprio zagueiro cruz-maltino.

O jogo foi ganhar em emoção depois dos 30 minutos. E a pressão foi vascaína. Aos 31, Juninho cobrou falta pelo lado direito do ataque. Na área, Douglas cabeceia para grande defesa de Felipe, que espalma para dentro da área. A bola sobre para Alecsandro dividir com os zagueiros. O camisa 9 cabeceia e Felipe faz nova defesa, espalmando a bola no travessão, com a defesa afastando o perigo em seguida.

Aos 32, nova chance para o Vasco. Felipe dá lindo toque de três dedos para o avanço de Wendel pelo lado esquerdo. O camisa 77 chuta forte para outra boa defesa de Felipe. Apesar do domínio, quem saiu na frente foi o Flamengo. Aos 37, em grande jogada de Ramon pelo lado esquerdo, o lateral arrisca de longe. Fernando Prass dá rebote e Vagner Love aproveita para abrir o placar. A primeira etapa terminaria com vitória parcial Rubro-Negra.

GOL INCRÍVEL PERDIDO E RESULTADO MANTIDO

Para o segundo tempo, o técnico Cristovão Borges, precisando reverter o resultado, decidiu mudar a equipe. Tirou Felipe, colocando Carlos Alberto, agora camisa 10 do Vasco. Na prática, o Cruz-Maltino melhorou, mas seguia pecando na criação das jogadas.

Já o time de Dorival Junior, tendo a vantagem no marcador, iniciou a segunda etapa mais postado na defesa, aproveitando a velocidade de seu ataque. A primeira boa oportunidade foi vascaína. Aos 10, Carlos Alberto recebe de William Mathues na entrada da área e manda uma bomba para boa defesa de Felipe, que espalma para escanteio.

Aos 12, o Flamengo respondeu em contra-ataque. Em roubada de bola de Negueba, Love e Thomás puxam ataque em alta velocidade. O camisa 99 corta os zagueiros e chuta forte para defesa de Prass. Dois minutos depois, Carlos Alberto voltou a aparecer. Em escanteio cobrado por Juninho, o camisa 10 desviou com um leve toque para dentro do gol, mas Felipe conseguiu salvar o Fla novamente.

Atrás do marcador, o Vasco tinha maior posse de bola, mas não conseguia mais levar perigo ao gol de Felipe. Somente nas bolas paradas de Juninho, o ataque cruz-maltino tentava ameaçar a meta adversária. Com isso, o Flamengo teria uma grande chance de matar a partida aos 38. Em contra-ataque em alta velocidade pela esquerda, Adryan cruza para Léo Moura livre, dentro da pequena área escorar. O lateral se enrola com a bola, tenta, no chão, tocar para o gol, mas a defesa cruz-maltina consegue tirar em cima da linha.

Mesmo sem ampliar o marcador, a defesa rubro-negra não teria maiores problemas em segurar o ataque vascaíno, que teve péssima atuação. Vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Vasco e jejum de vitórias cruz-maltinas sobre o Fla desde 2006 no Brasileirão segue mantido.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 X 0 VASCO

Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)

Data-Hora: 19/08/2012- 18H30 (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia e Ediney Guerreiro Mascarenhas

Renda e público: R$ 403.835 e 15.459 pagantes

Gol: Vagner Love, aos 37'/2ºT (1-0)

Cartões amarelos: Gonzáles e Negueba (FLA); Alecsandro, Felipe e Nilton (VAS)

FLAMENGO: Felipe; Léo Moura, Marcos Gonzáles, Welinton e Ramon; Cáceres, Luiz Antonio, Renato; Negueba (Muralha, aos 30'/2ºT), Thomás (Adryan, aos 23'/2ºT) e Vagner Love.

Técnico: Dorival Júnior

VASCO: Fernando Prass, Auremir, Dedé, Douglas e William Matheus; Nilton, Wendel (Eduardo Costa, aos 29'/2ºT), Juninho e Felipe (Carlos Alberto, no intervalo); Eder Luis (Pipico, aos 21'/2ºT) e Alecsandro

Técnico: Cristovão Borges

Carregando...

YAHOO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

Siga o Yahoo Notícias