Luan Santana investe R$ 10 milhões em show de novo projeto futurista no Estádio do Mineirão

Os projetos de Luan Santana para 2023 são ambiciosos. O maior deles (até agora) será a gravação de um novo show, no qual vai investir cerca de R$ 10 milhões: LUAN CITY 2.0, que será gravado no Estádio do Mineirão dia 18 de março.

A gravação vai acontecer quase um ano e três meses depois de o cantor ocupar a Vila Itororó, patrimônio histórico de São Paulo, para inaugurar o projeto LUAN CITY. Foi lá que ele fez a gravação do combo show, álbum e DVD, que virou até especial de fim de ano. Na época, o investimento foi de R$ 6 milhões.

Agora o cantor tem em mente fazer algo com pegada futurista em Belo Horizonte. "É uma evolução musical, cenográfica e inspiracional do LUAN CITY, por isso chamei de 2.0. Evoluímos no sentido das histórias de amor das canções, dos arranjos, do palco e dos efeitos visuais”, enumera o cantor: "Vai ser um megashow num palco gigantesco que tem uma temática futurista. A evolução está também na passagem do tempo, porque na Vila Itororó, a gente se inspirou na Nova York dos anos 20, no City 2.0, avançamos uns 150 anos, e estamos trazendo uma estética de um futuro utópico, onde as máquinas, a inteligência artificial e os chips fazem parte do nosso cotidiano”.

Telões de LED, drones, hologramas gigantes, fogos de artifício e posicionamento de câmeras são o aparato do projeto, agora sob as lentes e comando de Gui Dalzoto, e cenografia de Kley Tarcitano. Luan vai levar para o palco mais de 25 músicas inéditas, algumas gravadas com participações especiais ainda não definidas, que serão lançadas num álbum pela Sony Music a partir de maio.