Luana Piovani revela ter sofrido abusos sexuais na infância

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Luana Piovani concedeu entrevista à emissora portuguesa SIC (Reprodução/SIC)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Resumo da Notícia:

  • Luana Piovani fez revelações em entrevista à emissora portuguesa SIC

  • Um dos temas da conversa foram os abusos sexuais sofridos na infância

  • Mãe de três filhos, ela revelou que já sofreu um aborto espontâneo

Luana Piovani abriu seu coração em entrevista ao programa Alta Definição, da portuguesa SIC, exibida neste sábado (22). Nos trechos disponibilizados pelo site oficial da emissora, a atriz revelou ter sido abusada sexualmente na infância e sofrido um aborto espontâneo.

"A mulher vem com uma carga quando ela nasce, que é a de gerar e parir. Eu sempre tive vocação para mãe, gosto de crianças. Quando sofri um aborto espontâneo, eu me senti incapaz. E eu me sinto muito capaz, eu sei que sou muito capaz. Mas é um incapaz que não tens domínio e é uma dor dilacerante, mas ela passa", desabafou.

Na conversa com o apresentador Daniel Oliveira, ela comentou que essa dor demorou quatro anos para passar. Ao lembrar do fato, seus olhos se encheram de lágrimas.

Apresentada pela emissora portuguesa como a "rainha das polêmicas", Luana não deu detalhes sobre o período de sua vida que o aborto teria ocorrido no trecho que foi publicado no site.

Ela aproveitou para falar de outro trauma que carrega desde a infância: os abusos sexuais que sofria constantemente e que nunca revelou a seus pais.

"Não identifiquei como uma coisa que devesse pedir socorro e contar para a minha mãe. Sabia que não era certo, mas como não estava com medo, nem machucada e não levei como uma agressão, ficou ali. Aconteceu umas duas ou três vezes", comentou.

"Eu fiz dez anos de terapia e, depois, acho que oito anos de psicanálise, e eu nunca levei esse assunto para eles. Nunca contei para minha mãe e para meu pai até porque são as pessoas mais difíceis de você contar uma coisa como essas, porque eles ficam completamente atordoados", acrescentou.

Os abusos, segundo Luana, ocorreram quando ela tinha entre 8 e 9 anos de idade. "Eu resolvi... Amarrei e coloquei em um pacotinho tão alto da minha estante para que não tenha me causado sequelas depois."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos