Luciana Gimenez relembra a gravidez e exposição do filho, Lucas: "Foram 18 anos de tortura"

Luciana Gimenez falou durante o podcast "Podcalizando", nesta terça-feira (8), sobre o assédio da imprensa e do público em cima do filho mais velho, Lucas Jagger, de 23 anos, do relacionamento com o líder do Rolling Stones, Mick Jagger.

"Foram 18 anos de tortura. Porque falavam muita besteira, expunham o nome dele e eu não queria falar do assunto. Mas (o público e a imprensa) falavam o que queriam", disse ela. "Fui muito assediada, essa tortura do Lucas acabou quando ele fez 18, e eu dei uma festa de 18 anos para ele."

Na ocasião, a apresentadora do "Superpop" fez uma celebração para o filho mais velho, em São Paulo, e convidou o pai para o evento. "Foi quando pararam de falar que não éramos amigos. Ele estava na casa do Marcelo, comigo. Ninguém entendia que éramos amigos. Mas quando fizemos uma capa com ele, meus filhos e meu marido.. foi ali que senti uma melhora grande", relembrou ela, referindo-se ao ex-marido, o empresário Marcelo de Carvalho.

Por causa de todo o assédio e curiosidade sobre o menino, Luciana conta que acabou criando Lucas em uma redoma. "Tive que dançar conforme a música, infelizmente ele foi muito protegido. Eu me escondi muito, deixei de me expor, deixei de morar onde morava, porque achava que era uma proteção", afirma. "Mas a vida foi muito generosa comigo. Lucas é um jovem homem de 23 anos, equilibrado, amado".

Além de Lucas, Luciana também é mãe de Lorenzo, de 11 anos, da relação com Marcelo de Carvalho. "Crio meus filhos com a não-violência, respeito, educação, e exijo tudo isso de volta. Trato-os da forma como gostaria de ser tratada".

tinham 6, 7 jrnais na inglaterrra que eu era capa, era uma coisa absurda. um pega e todo mundo copia.