Lucros da petrolífera Saudi Aramco disparam 39%

A petrolífera saudita Aramco obteve lucros líquidos de 42,7 mil milhões de euros no terceiro trimestre do ano face a igual período do ano passado.

Os resultados, que representam um aumento de 39%, foram anunciados pela empresa esta terça-feira

De acordo com a multinacional justificam-se, principalmente, "com a subida dos preços do petróleo bruto e com as quantidades vendidas."

A Aramco antevê que a procura de petróleo continue a subir o resto da década "devido à necessidade mundial de energia mais acessível e fiável."

Os países exportadores de petróleo da OPEP+, liderados pela Arábia Saudita e pela Rússia, preparam-se para reduzir a produção para suportar os preços.