Ludmilla repudia declarações homofóbicas de Bruna Karla: “Embrulha o estômago”

Ludmilla repudiou falas preconceituosas de Bruna Karla (foto: Leo Franco / AgNews)
Ludmilla repudiou falas preconceituosas de Bruna Karla (foto: Leo Franco / AgNews)

Resumo da Notícia:

  • Ludmilla usou as redes sociais para repudiar as falas preconceituosas de Bruna Karla

  • A cantora gospel falou sobre não aceitar a opção sexual dos amigos perante a religião

  • Ludmilla é casada com a dançarina e influenciadora Brunna Gonçalves

Ludmilla usou as redes sociais para reforçar o coro de repúdio às declarações homofóbicas feitas pela cantora gospel Bruna Karla em um podcast. A funkeira é casada com a influenciadora digita e dançarina Brunna Gonçalves.

No Twitter, ela republicou o vídeo com a fala da cantora gospel e escreveu: “Esse é o tipo de discurso que me embrulha o estômago e me deixa revoltada. Pessoas como ela, que se dizem ‘porta-vozes’ de Deus, descartam e fazem mal as pessoas o tempo inteiro pelo simples fato de elas serem quem elas são”, publicou.

Ludmilla já dividiu com os fãs nas redes socais e na sua série documental para o Globoplay e Multishow que em busca de sua fé, começou a realizar células de oração em sua casa com a presença de amigos de um pastor. O movimento começou após ela ser internada com um sério problema de coluna, como uma promessa.

"Fiz essa célula porque quis apresentar Deus para os meus amigos e fomos a uma igreja. Eles foram super preconceituosos com a gente e Deus não é isso. Deus é amor, acolhedor e pai. Estou ali como espelho para as pessoas verem que Deus me ama como eu sou e ele também pode te amar. Você pode ser amiga de Deus. Basta você querer, porque ele já quer", diz Ludmilla na série.

Entenda

À vontade para falar o que pensa ao lado de Karina, que também se tornou cantora gospel, Bruna continuou narrando a conversa que teve com o amigo. Ela disse que o dia que aceitasse cantar no casamento de dois homens, teria que parar de cantar sobre Jesus.

"Aos meus queridos ouvintes homossexuais, o que Deus tem para a sua vida é libertação. O que Deus tem para a sua vida é o que ele sonhou para você. Receba todo o meu amor, o meu respeito, porque Jesus não sonhou isso para você. Lá no julgamento, quando Jesus voltar, se ele estiver, ele vai falar 'poxa, a Bruna andou comigo, ela sabia que eu estava errado, que o caminho que eu estava escolhendo era de morte eterna'. Eu chego a ficar emocionada porque se a gente abrir a nossa boca para dizer que você não vai para o céu... Gente, é morte eterna, inferno! Já imaginou viver uma condenação eterna? É para sempre que você vai viver aquilo. Acabou. É terrível. Aquele lugar é horroroso", disparou.

Nas redes sociais, Bruna Karla foi duramente criticada. Internautas chegaram a pedir uma punição. Vale lembrar que homofobia é crime no Brasil desde 2019 e discursos como o da cantora gospel alimentam uma violência que só aumenta. De acordo com dados do Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado em 2021, o número de ocorrências contra pessoas LGBTQIA+ cresceram 20% em relação a 2020.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos