Lufthansa anuncia suspensão de operações no espaço aéreo de Belarus

·1 minuto de leitura
O avião ficou bloqueado por horas no aeroporto de Minsk, após ser desviado

O grupo de companhias aéreas comerciais Lufthansa anunciou a "suspensão das suas operações" no espaço aéreo bielorrusso, em resultado do pouso forçado de um avião da companhia Ryanair, durante um voo entre a Grécia e a Lituânia.

"Dada a dinâmica da situação atual, estamos suspendendo pelo momento as operações no espaço aéreo bielorrusso", disse o grupo em um comunicado transmitido à AFP.

Após o pouso forçado no domingo, a polícia bielorrussa identificou os passageiros e deteve um opositor do regime, Roman Protasevitch, e sua namorada.

Vários países europeus e outras companhias aéreas decidiram listar Belarus por forçar esta aeronave comercial a pousar em Minsk.

Os líderes dos 27 países da União Europeia começaram a avaliar possíveis novas sanções contra Belarus nesta segunda-feira.

smk/fjb/bl/mb/ap/mvv