Lugano "fake" vai se candidatar a deputado em SP

O “fake” Lugano vai se candidatar a deputado estadual em SP (Foto: Reprodução)

Votar em Lugano na eleição para deputado estadual em São Paulo? O nome é igual, mas quem irá receber o voto não será o ídolo tricolor.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Diego Lugano, que não é o zagueiro uruguaio, é candidato a deputado estadual pelo Solidariedade. E o pior é que o candidato nem chama Diego Lugano.

Diego Rodrigo Neves é são-paulino fanático (tem até uma tatuagem gigante nas costas com o símbolo tricolor) e também atua como zagueiro na várzea. Segundo ele contou ao UOL, o “Lugano já era ídolo no São Paulo e o pessoal associou meu nome com o fato de eu também ser zagueiro. Começaram a me chamar de Diego Lugano e o nome pegou”, falou o candidato.

Leia mais:
– Klopp analisa polêmica envolvendo Ozil
– Meia do Fla comenta reencontro com o Vitória
– Moisés e Bochecha ampliam lista de desfalques do Bota

O “fake” Lugano, que foi ao aeroporto de Cumbica em 2016 aguardar o retorno do “verdadeiro” ao São Paulo, tem uma vida política que vem desde 2010 – como assessor de um vereador de Taubaté (onde também jogou na várzea). Ficou no cargo até 2016, quando assumiu a presidência da Liga Municipal de Futebol de Taubaté.

Em casa, o “fake” Lugano guarda diversas camisas de temporadas anteriores do tricolor sempre com o número 5 nas costas. Ele tirou fotos das peças e enviou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP). O órgão entrou em contato com ele para avisar que o famoso nome pode não aparecer na urna. A lei eleitoral permite “variações nominais desde que não se estabeleça dúvida quanto à sua identidade.

“Todo mundo me chama de Lugano. O apelido não foi criado agora e não é uma jogada de marketing”, rebateu Diego ao blog Olhar Olímpico, do UOL. Ele não tem usado nenhuma referência ao ex-zagueiro do São Paulo em seu material de campanha.

Segundo a legislação, cabe ao TRE-SP analisar a regularidade da candidatura do “fake” Lugano.

2 Minutos com Nicola – Copa do Brasil ou Libertadores?