Luis Miranda revela que Bolsonaro apontou líder do governo como responsavel por suposto esquema na compra da Covaxin

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA — O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) revelou que o deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara, foi o deputado citado pelo presidente Jair Bolsonaro como responsavel pelo suposto esquema de corrupção no Ministério da Saúde.

Após em diversos momentos afirmar que não se lembrava do nome do parlamentar, Miranda foi pressionado pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Simone Tebet (MDB-MS) para finalmente revelar de quem se tratava.

Leia também:

Miranda relutou e afirmou que poderia ser perseguido no Congresso Nacional por entregar o nome do líder do governo. 

Barros ja é alvo de investigações por sua ligação com a Precisa e também já ocupou o Ministério da Saúde durante o governo Temer. Emocionado, Miranda confirmou que o deputado em questão era, de fato, Ricardo Barros.

— Foi o Ricardo Barros que o presidente falou, foi o Ricardo Barros. Eu não me sinto pressionado para falar, teria dito desde o primeiro momento, mas vocês não sabem o que eu vou passar. Apontar um presidente da República que todo mundo defende como uma pessoa correta honesta. Que sabe que tem algo errado, sabe o nome e não faz nada por medo da pressão que ele pode tomar do outro lado. Que presidente é esse que tem medo de pressão de quem está fazendo algo errado? De quem desvia dinheiro público das pessoas morrendo na porra desse Covid? — disse Luis Miranda.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos