Luis Suárez admite corrupção em exame para obter passaporte italiano

O Globo
·2 minuto de leitura
Luis Suarez em ação pelo Atletico de Madrid. Foto: Denis Doyle/Getty Images
Luis Suarez em ação pelo Atletico de Madrid. Foto: Denis Doyle/Getty Images

O uruguaio Luis Suárez, atacante do Atlético de Madrid, revelou perante os promotores da cidade italiana de Perugia que sabia, com antecedência, as perguntas que receberia no dia 17 de setembro, quando foi aprovado no exame para obtenção do passaporte italiano, segundo o 'Mundo Deportivo'.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Suárez, que na época jogava pelo Barcelona e que acabou indo parar no Atlético de Madrid, passou no exame da Universidade para Estrangeiros de Perugia porque o passaporte italiano facilitaria sua possível assinatura pela Juventus, então interessada no atacante.

Leia também:

De acordo com diversos meios de comunicação italianos, Suárez reconheceu que sabia de antemão as perguntas que os professores lhe fariam. Na investigação, o Ministério Público relatou que alguns professores da Universidade de Perugia encaminharam as perguntas a Suárez nos dias anteriores ao concurso.

O primeiro e-mail foi enviado a Suárez no dia 10 de setembro e incluía a primeira pergunta e a resposta que o uruguaio deveria dar.

“Seja bem vindo, apresente-se e fale um pouco sobre você”, foi a forma de iniciar a conversa.

“Moro em Barcelona, na Espanha, há seis anos. Gosto muito da Espanha, dois dos meus filhos nasceram na Espanha. Gosto muito de Barcelona, fui de férias a Barcelona quando tinha quinze anos e gostava muito. Estou casado há dez anos O nome da minha mulher é Sofia e ela é uruguaia, mas tem passaporte italiano. Tenho três filhos: uma menina chamada Delfina e ela tem dez anos, um menino chamado Benjamin e ela tem sete anos. O último filho chama-se Lautaro e deve ter dois anos ", foi a resposta que Suárez deu.

Devido ao escândalo, as autoridades italianas suspenderam por oito meses as suas funções os responsáveis pela Universidade para Estrangeiros.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos