Luizão dispara contra Pedro e Vini Jr: "Meia-boca e burro"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Pentacampeão do mundo, Luizão emitiu fortes críticas contra os dois atacantes.
Pentacampeão do mundo, Luizão emitiu fortes críticas contra os dois atacantes. Foto: (Pedro Salado/Quality Sport Images/Getty Images)

Com a língua afiada em um programa da Jovem Pan, o ex-atacante Luizão, campeão da Copa do Mundo de 2002 com a Seleção Brasileira não poupou Vinícius Jr e Pedro, atacantes do Real Madrid e do Flamengo, respectivamente, de duras críticas sobre o desempenho das duas joias brasileiras.

Segundo o ex-jogador de Corinthians, Palmeiras, Grêmio e outros clubes, Vini Jr não sabe finalizar e, para chegar ao status de melhor jogador do mundo, precisaria melhorar muito, além de treinar a sua perna esquerda, que não é a dominante: "Vinícius é burro. Ele não sabe tirar do goleiro, não sabe fazer gol. Tinha que treinar, cabecear, chapar. Ele joga para caral**, mas ele tem que se aperfeiçoar, aprender. O Vinicius Jr tinha que treinar finalização, o pé esquerdo".

Leia também:

Já sobre Pedro, centroavante que amarga o banco de reservas do Flamengo para Gabigol, Luizão disse que falta ambição ao jogador e que precisa buscar novos ares na carreira, além de colocar em dúvida a sua qualidade com a bola no pé: "Pedro é meia-boca. Jogou onde? Só no Fluminense e quer ficar no banco do Flamengo. Na minha opinião, é um fraco. Eu sairia do Flamengo. Ia querer jogar. Ele tem que jogar. Faz quanto tempo que não joga bem? Faz um ano”.

Com 17 gols marcados e 14 assistências concedidas para que companheiros balancem as redes dos adversários, Vinicius Jr é um dos destaques do Real Madrid nesta temporada, ao lado do francês Karim Benzema e do também brasileiro Rodrygo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos