Lula afirma que 'gente' de Bolsonaro não tem pudor de ter matado a Marielle e apoiadores do presidente reagem

O candidato do PT à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva relacionou o assassinato da vereadora Marielle Franco com "gente" de Jair Bolsonaro e gerou indignação entre apoiadores do presidente. A fala aconteceu durante um evento de pré- campanha no Rio Grande do Sul nesta quarta-feira.

Sem citar Bolsonaro nominalmente, o petista falou também em "milicianos" e governante com "um lado obscuro" ao se referir ao atual presidente.

-- Quando a gente não pode se aproximar do governante. Quando o governante tem um lado obscuro. Porque a gente não sabe a qualidade de todos os milicianos dele. O que a gente sabe é que gente dele não tem pudor de ter matado a Marielle -- disse.

As declarações repercutiram nas redes sociais e foram alvo de ataques de bolsonaristas. A deputada federal Bia Kicis falou em "fake news" ao criticar o discurso.

"Gente dele não tem pudor de ter matado Marielle" Ex-presidiário AFIRMA:”gente do presidente"matou a Marielle. Esse tipo de FakeNews que pode afetar as eleições será coibido? O pré-candidato @LulaOficial será preso ou terá futuramente será cassado,na remotíssima hipóstase de eleito?", publicou a parlamentar.

Apoiadores do presidente também questionaram se o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, relator de inquérito que investiga bolsonaristas por "fake news" , irá tomar providências sobre as declarações.

ALEXANDRE DE MORAES, Lula está dizendo q gente do presidente matou a Marielle! "Gente dele não tem pudor de ter matado Marielle" Ele estava falando do governo federal quando proferiu essa fala. Não tem criança aqui não! E aí, como é q fica? crime é só subir hashtag no twitter?, publicou o perfil bolsonarista "TeAtualizei" no Twitter.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos