Lula amplia vantagem numérica sobre Bolsonaro no 1ºturno, diz PoderData

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante reunião do PSB em Brasília
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - Pesquisa PoderData divulgada nesta quinta-feira aponta um aumento da vantagem numérica do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), dentro da margem de erro, em relação ao presidente Jair Bolsonaro (PL), com o petista mantendo 43% das intenções de voto, mas Bolsonaro oscilando negativamente de 37% para 35%.

A pesquisa mostra ainda que o candidato do PDT, Ciro Gomes, oscilou um ponto para cima, chegando a 7%, e a senadora Simone Tebet (MDB), fez o mesmo movimento, chegando a 4%. André Janones (Avante) manteve 2%, Felipe D'Ávila (Novo) e José Maria Eymael (DC) somaram 1% cada. Os demais candidatos não pontuaram.

Nos cenários de segundo turno, Lula mantém a liderança contra todos os candidatos testados e, contra Bolsonaro, venceria por 50% a 40%.

A diferença, no entanto, diminuiu em relação ao levantamento anterior, em que o petista alcançava 51% e Bolsonaro, ficava com 38%.

A pesquisa PoderData foi feita por telefone e ouviu 3.500 eleitores entre 31 de julho e 2 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos