Lula apoia Freixo em comício com 30 mil pessoas: “É o que tem de melhor no RJ”

Presidenciável pediu ao público que vote em Freixo (REUTERS/Ricardo Moraes)
Presidenciável pediu ao público que vote em Freixo

(REUTERS/Ricardo Moraes)

  • Lula apoia Freixo em comício com cerca de 30 mil pessoas;

  • Presidenciável defendeu que candidato ao governo é "o que tem de melhor no RJ";

  • Ato de campanha aconteceu em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Em um ato de campanha no Rio de Janeiro com cerca de 30 mil pessoas, o candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apoiou a candidatura de Marcelo Freixo (PSB) ao governo do estado e convocou a população a votar no pessebista.

Durante o comício realizado na noite desta quinta-feira (8) na Via Light, em Nova Iguaçu, Lula apontou Freixo como a melhor opção para solucionar os problemas do estado e criticou o ex-governador Wilson Witzel (PMB), impeachmado em 2021 por um suposto envolvimento em fraudes na compra de equipamentos e celebração de contratos irregulares sob pretexto de combater a pandemia de Covid-19.

“Faltam 23 dias e não temos o direito de repetir o erro de 2018, quando o Rio elegeu um juiz desconhecido que ia acabar com a corrupção e foi cassado por corrupção. Vim, em Nova Iguaçu, para dizer a vocês que temos uma pessoa que é o que tem de melhor no Rio de Janeiro para se preocupar com o trabalhador, com o transporte, com a saúde e educação que é Marcelo Freixo. Temos 23 dias para eleger esse companheiro”, afirmou Lula ao público.

Propostas

Em continuidade ao discurso do presidenciável, Freixo criticou o atual governador do Rio, Cláudio Castro (PL), por supostos atos de corrupção e defendeu a decisão da corrida presidencial ainda no primeiro turno, de forma a beneficiar as eleições no estado.

“Aqui no Rio a gente gosta de ganhar de virada que nem o Flamengo fez ontem no Maracanã. É mais gostoso. A gente vai derrotar essa máfia do Claudio Castro nas ruas, com gente consciente. Eles tiraram 50 milhões de reais da educação. E no segundo turno é outra eleição, que começa 0 a 0. Por isso é importante eleger Lula logo no primeiro turno para resolver de vez e ele estar aqui fazendo campanha para colocar o Rio de pé novamente”, disse.

O candidato aproveitou para relembrar sua infância em São Gonçalo e na periferia de Niterói, e reafirmar suas propostas para o Rio. Dentre elas, está a retomada de obras, como o Arco Metropolitano, de forma a gerar empregos no estado.

“O Arco Metropolitano foi inaugurado em 2014 e hoje não tem um poste funcionando. A gente precisa recuperar o arco para trazer emprego para cá e recuperar a Supervia para quem trabalha na capital e precisa de dignidade para trabalhar”, destacou.

Segundo a última pesquisa do Ipec, Freixo está em segundo lugar, com 22% das intenções de voto. Castro aparece em primeiro, com 37%.

Pesquisas eleitorais, como saber em quais posso confiar?

Em meio a essa diversidade de levantamentos existentes no Brasil, muitos eleitores não sabem em quais resultados acreditar.

No primeiro dia do ano passou a ser obrigatório (leia a resolução clicando aqui)o registro junto à Justiça Eleitoral de qualquer pesquisa pública relacionada às eleições para presidente e governador. Porém, se uma pesquisa está registrada não necessariamente significa que ela será confiável, isso porque não há nenhum tipo de fiscalização prévia sobre a metodologia desses levantamentos.

Atualmente, a confiabilidade das pesquisas é garantida no Brasil por meio da transparência. São algumas das informações que devem ser cadastradas junto à Justiça Eleitoral, tornando as pesquisas passíveis de contestação, caso qualquer irregularidade seja encontrada posteriormente:

  • Nome do contratante

  • Valor cobrado pela pesquisa

  • Origem dos recursos investidos

  • Metodologia

  • Período de realização

  • Sistema de fiscalização da coleta de dados

  • Tipo de questionário aplicado

Para identificar os atributos que mais merecem atenção nas pesquisas eleitorais, a reportagem do Yahoo! Notícias conversou com alguns especialistas no assunto e separou uma lista com os pontos mais importantes, confira aqui.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)