Lula cobra que 'Fantástico' divulgue conversas na íntegra com Dilma

Ex-presidente fez, pelo Twitter, uma cobrança à TV Globo para que divulgasse a íntegra dos diálogos. (Foto: Reprodução/YouTube)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva usou as redes sociais para fazer uma cobrança pública ao programa “Fantástico”, da TV Globo.

Através do Twitter, o petista relembrou a cobertura do “Jornal Nacional” sobre o vazamento das ligações entre ele e a ex-presidente Dilma Rousseff e pediu para que o Fantástico publicasse a ‘Vaza Jato’ que contextualizou a fala da então presidente.

Leia também

“Lembram o show do @jornalnacional com os vazamentos seletivos e ilegais de telefonemas de Lula? Será que hoje o @showdavida irá fazer o mesmo com as conversas da #VazaJato que provam o golpe? Ou #issoaglobonãomostra ? #EquipeLula ##LulaLivre”, escreveu o ex-presidente no Twitter.

Neste domingo (8), novas mensagens vazadas pelo jornal Folha de São Paulo, em parceria com o The Intercept Brasil, revelam conversas entre procuradores do MPF (Ministério Público Federal) que mostram que o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, articulou com investigadores da Polícia Federal o vazamento descontextualizado do grampo ilegal.

Em março de 2016, Moro tornou público uma conversa gravada ilegalmente na qual Lula aceitava ser ministro da Casa Civil do governo de Dilma. À época, como só um trecho da conversa foi liberado, deu o tom de que Lula aceitou a indicação para obter foro privilegiado e transferir ao STF (Supremo Tribunal Federal) a investigação que corria sob a tutela de Moro.

Outros telefonemas do ex-presidente mostravam que não havia qualquer temor de prisão e que o oferecimento de cargo a ele pela então presidenta era uma tentativa de salvar o governo, não de oferecer imunidade a Lula.

‘GROSSERIA DE MORO’

A defesa do ex-presidente Lula, por sua vez, disse que as conversas reveladas expõem "grosseiras ilegalidades praticadas pelo ex-juiz Sergio Moro e pelos procuradores da Lava Jato". A nota da defesa, repercutida em perfil do ex-presidente no Twitter, afirma que "o ex-juiz Sergio Moro, os procuradores e o delegado da Lava Jato de Curitiba selecionaram conversas telefônicas mantidas por Lula, escondendo dos autos e do STF aquelas que mostravam a verdade dos fatos".