Lula condiciona formação de chapa com a filiação de Alckmin e aprovação do PT

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Lu Alckmin, Geraldo Alckmin, Lula e Janja durante jantar no Figueira Rubayat no doingo (19) (Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert)
Lu Alckmin, Geraldo Alckmin, Lula e Janja durante jantar no Figueira Rubayat no doingo (19) (Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert)
  • Lula disse que chapa com Alckmin depende de decisão do PT

  • Partido ao qual Alckmin se filiar também deverá decidir sobre possibilidade de parceria

  • Lula e Alckmin tiveram primeiro encontro público no último domingo

Durante o primeiro encontro público entre Lula (PT) e Geraldo Alckmin (sem partido), o ex-presidente comentou que a formação de uma chapa entre os dois depende da filiação de Geraldo Alckmin, já fora do PSDB.

“Quem vai decidir aqui é meu partido (o PT). O Alckmin deixou o PSDB, ainda vai se filiar. Quem vai dizer se podemos nos juntar ou não é o meu partido e o partido dele. Primeiro temos que definir quem vai ser o presidente e depois quem vai ser o vice”, declarou Lula na noite de domingo (19).

Uma das principais possibilidades de Alckmin é filiar-se ao PSB, de Márcio França, que também esteve no jantar no Figueira Rubayat, em São Paulo. Também compareceram o ex-prefeito Fernando Haddad, o governador da Bahia, Rui Costa, o prefeito de Recife, João Campos (PSB) e a ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy. Ao todo, cerca de 500 convidados estiveram presentes.

O evento foi organizado pelo grupo de advogados conhecido como Prerrogativas. No encontro, Lula e Alckmin sentada frente a frente durante o jantar.

Além do PSB, também há a possibilidade de Geraldo Alckmin filiar-se ao PSD, de Gilberto Kassab, ou ao Cidadania.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos