Lula convoca governadores para reunião de emergência em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva convocou os 27 governadores para uma reunião de emergência nesta segunda-feira. Lula irá tratar sobre os atos antidemocráticos que levaram terroristas a invadir a sede dos três poderes em Brasília no domingo.

O encontro foi articulado pelo ministro da Justiça, Flavio Dino, junto ao Fórum dos Governadores. Lula também deve se reunir na segunda-feira com os presidentes do Congresso e do Supremo Tribunal Federal.

Em ambos encontros, o presidente deverá propor trabalho integrado em favor da democracia com chefes de Executivos estaduais e dos demais poderes.

— O presidente quer passar a mensagem de fortalecimento da democracia. E também de trabalho integrado pelo Brasil — disse ao GLOBO, o ministro de Desenvolvimento Social Wellington Dias.

Mais cedo, em entrevista, o ministro da Justiça, Flávio Dino, afirmou que a intervenção federal decretada por Lula na segurança pública do Distrito Federal contará com o reforço de policiais de outros estados.

— Por articulação do ministro Padilha e do ministro Rui, alguns governadores estão cedendo policias militares, que nós estamos, por ato meu, do Ministério da Justiça, mobilizando para fortalecerem a segurança do Distrito Federal a partir de amanhã e nos próximos dias — afirmou o ministro.